Home Escola Falharam! Falharam-nos!

Falharam! Falharam-nos!

1612
1
Fecho das escolas.
Falhou Marcelo. Falhou Costa. Falhou Ascensão. Falhou Filinto. Falhou Nogueira. Falhou o jornalismo. Falhou um leque largo de comentadeiros de tudologia e especialistas pseudo letrados em educação, que não vêem alunos há muito, se algum dia viram.
E que falam de escolas como sítios assistenciais e acham que os professores não sabem o que dizem sobre aquilo de que são especialistas profissionais.
Falhou o povo que caiu em embustes e enganos politiqueiros.
Não falharam os cientistas que mostraram números e dados certos e previsíveis, que trampolineiros, preocupados com a sobrevivência, afastaram de forma ignorante e manipuladora.
Tudo o que falhou ajudou a matar gente.
Brandão não falhou. Brandão é nulo. Não existe. Só ele ainda acha que é ministro.

1 COMMENT

  1. Bom dia,

    Continua a falhar, pela 2.ª vez, este Sr., o Sr. Jorge Torgal.

    Não sei como ainda o entrevistam …

    Claro que não resolve, mas amplifica a propagação sem quaisquer duvidas. Aliás, esta medida já peca por tardia e não deveria estar a ser atribuída à variante inglesa (desculpas apenas).

    Há sempre pelo menos um louco em qualquer sistema, sendo por vezes difícil de o localizar (geralmente são espertos), não é este o caso certamente.

    Tenho muita pena que este vírus que circula por todo o lado, não transporte uma proporcionalidade entre a perigosidade e a esperteza: certamente saberia escolher os seus verdadeiros hospedeiros.

    Oiçam aqui, o som desta pandepandemia:

    https://observador.pt/programas/resposta-pronta/nao-e-encerrar-as-escolas-que-vai-evitar-as-mortes-foco-devia-ser-nos-lares/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here