Início Rubricas eTwinning: professores em rede 10 anos…

eTwinning: professores em rede 10 anos…

231
0

Embaixadora eTwinning: Elisabete Fiel

etwinningA chegada do novo ano letivo é sempre uma azáfama, entre os dias agradáveis de setembro a lembrar as férias e os novos desafios nas escolas.
O etwinning tem desempenhado uma forma de motivar alunos e professores na aprendizagem, constituindo uma plataforma onde podemos encontrar parcerias e desenvolver projetos no ensino não universitário, desde o pré-escolar ao secundário e para escolas públicas e privadas. A utilização das tecnologias motiva os alunos e professores e à distância de um “click” temos novas formas de aprender e ensinar, mais apelativas e num formato próximo das competências exigidas no século XXI.

Os projetos eTwinning desenvolvidos no alentejo têm recebido várias distinções pela qualidade, várias escolas ostentam a bandeira eTwinning como símbolo de trabalho reconhecido e enquanto embaixadora coube-me entregar esse galardão pela nossa região. Em Elvas, os agrupamentos n1 e n 2 foram galardoados pelo excelente trabalho desenvolvido e em 2014 desenvolvemos várias formações para professores.fotografia

O projecto eTwinning é uma Comunidade das Escolas da Europa desde 2005, uma acção do programa eLearning,foi lançado em 2005, como a principal ação do Programa de eLearning da Comissão Europeia, e desde janeiro de 2014 faz parte do Erasmus+, o programa europeu para a Educação, Formação, Juventude e Desporto. O Serviço de Apoio Central está localizado na European Schoolnet, uma parceria internacional de vários Ministérios da Educação europeus que aposta no desenvolvimento da aprendizagem nas escolas, para professores e alunos de toda a Europa. O eTwinning conta ainda com a ajuda de 36 Serviços de Apoio Nacional, sediados nos vários países europeus. Portanto, já passaram dez  anos.

O portal é o cartão-de-visita, podemos ver os últimos registados, os últimos projectos, modelos de projectos, no entanto é necessário um «passaporte» para esta viagem virtual: o registo. Através do «registo» temos acesso ao «Quadro de Bordo» e começar à procura de parceiros para desenvolver projectos e contactar com outras realidades. Os projectos contemplam todas as áreas do conhecimento e podem ser desenvolvidos desde o jardim-de-infância ao secundário.

No “quadro de bordo” há acesso à participação em projectos eTwinning, que não exige o conhecimento profundo de línguas, de TIC ou experiências anteriores de trabalho colaborativo. Exige apenas no mínimo dois professores de dois e uma ideia, um pequeno formulário e depois um desafio pela frente…há projectos para «todos os gostos e feitios», em várias línguas (também em português) com possibilidade de curta ou longa duração (de um mês a dois anos).

Depois de o projecto ser aprovado pelos Serviços Nacionais é atribuído um espaço virtual ao projecto: o Twinspace (espaço reservado ao projecto). As possibilidades de partilha de informação são imensas, as experiências enriquecedoras quer para alunos quer para professores. Os Selos de Qualidade são atribuídos para distinguir a qualidade dos projectos a nível nacional e europeu e há prémios.

10 anosO Twinspace é uma plataforma que as escolas podem utilizar para desenvolverem o trabalho e colaboração nos seus projetos. Cada projeto tem o seu “próprio gabinete” privado acesso ao: ” Quadro de Bordo” dos parceiros e da primeira página do portal, para membros convidados..

Para entrar no TwinSpace é necessário palavra-passe, podemos convidar outros colegas fora do espaço eTwinning e juntar parceiros através do  “Quadro de Bordo”. Os alunos são convidados pelos professores e podem ter papéis diferenciados: administradores, portanto com o privilégio de edição e publicação de materiais.

A visita ao Twinspace desde projetos pode revelar-se inspiradora, na medida em que conseguimos perceber a forma como o projeto foi desenvolvido, no entanto, apenas temos acesso à área pública, pois a segurança é imprescindível dentro da plataforma.

No etwinning as «mobilidades» são virtuais, uma vez que não há deslocações nem visitas preparatórias para a concretização do projecto. Ainda assim, pode ser uma excelente forma de encontrar parceiros e converter um projecto etwinning num projecto «ERASMUS+» se o desejar.

No portal é possível descobrir as várias modalidades de formação:

Oficinas europeias – congregam participantes de diferentes países Europeus para  contactarem e partilharem experiências, com temas específicos.

A participação nas Oficinas de Desenvolvimento Profissional só é possível através de convite e constituem momentos de aprendizagem muito interessantes quer do ponto de vista pessoal quer profissional.

No terreno, pode ainda contar com a ajuda das Embaixadoras eTwinning, que podem partilhar experiências, atender a alguma fase especifica do projeto ou simplesmente ajudar à disseminação de boas práticas.

Mais informações sobre o eTwinning: www.etwinning.net.

As ferramentas WEb 2.0 podem ajudar à concretização dos projetos em curso e facilitar a destreza no uso da língua e das TIC. A Web 2.0 oferece a possibilidade de partilha, transformação e divulgação de conteúdos de uma forma quase intuitiva e mais acessível.

O destaque de leitura vai para as publicações que pode descobrir em: http://files.eun.org/etwinning/book2014/PT_Etwinning_2014.pdf

 Mais informações em:

 www.etwinning.net

http://etwinning.dge.mec.pt

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here