Home Notícias Escola De Portimão Encerrada Após Aluna Contrair Novo Coronavírus

Escola De Portimão Encerrada Após Aluna Contrair Novo Coronavírus

494
2

A Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, anunciou este domingo que vai fechar portas após ter sido confirmado que uma aluna do estabelecimento foi infetada com o novo coronavírus após uma viagem a Itália.

Em comunicado, a direção da escola explica que a aluna “esteve em Itália na semana da interrupção do Carnaval” e que, ao regressar e contactar a Linha Saúde 24, foi-lhe dito que “podia fazer a sua vida normal”, embora com atenção redobrada, monitorizando “a sua situação clínica e cumprir algumas regras sociais e de higiene pessoal”.

Regressada das férias, a aluna “retornou à escola no dia 27 de fevereiro e foi diariamente acompanhada pela equipa da SNS24.” Este domingo, adianta o comunicado, foi diagnosticada com Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

“Face a esta situação, foi determinado pelas Autoridades de Saúde que a Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes será encerrada e que os alunos que estiveram em contacto direto com a aluna irão ser contactados e poderão ficar em isolamento social durante 14 dias, nas ruas residências.”

Da mesma forma, “também os professores e os assistentes operacionais que estiveram em contacto com esta aluna poderão ficar em situação de isolamento, devidamente justificado”, adianta a escola. “Para isso deverão contactar a Unidade de Saúde Pública de Portimão.”

A direção do estabelecimento de ensino pede a “toda a comunidade educativa que possa ter tido contacto com a aluna” que tenha “particular atenção ao aparecimento de sinais e sintomas de infeção respiratória aguda, como febre, tosse ou dificuldade respiratória. Caso surjam quaisquer destes sinais ou sintomas devem ligar para o SNS24 (808 24 24 24).”

Fonte: RR

2 COMMENTS

  1. Há uma questão fundamental: passem a palavra, façam-na chegar ao poder se puderem: é necessário JÁ! JÁ! testar todos os casos suspeitos e não apenas os que aparentem ligações com infetados e tirá-los das urgências dos hospitais. Todos os casos com sintomas e dificuldades respiratórias não deviam ir a uma urgências normais e devem ser todos testados à parte! Todos casos de pessoas que estiveram nos países de riscos deviam ser testados! As escolas deveriam ser encerradas e os serviços necessários onde houver pessoas. Foi o que resultou na Ásia! Lembro que a Alemanha não tem mortos! É preciso agir e não reagir! É urgente, muito urgente, quem tem algum poder junto dos decisores políticos que o faça. É preciso reforçar os hospitais , gastar o que for preciso num hora destas , e proteger o pessoal dos hospitais: todos os profissionais que lá trabalham. É necessário que todos fiquem em casa! A comunidade chinesa em Milão até agora só registou um caso por serem organizados e se isolarem voluntariamente em casa.
    Vão deixar isto crescer até que fique incontrolável? A Economia de curto prazo vai valer a pena quando tudo estivar infetado e tivermos de criar zonas fechadas, como em Itália, depois do vírus se ter espalhado? O que aqui escrevo não é minha ideia, que sou um leigo, mas do que li , e ouvi, aos maiores especialistas do mundo! Estão enganados?
    Quem puder que faça algo junto do poder político!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here