Home Notícias Entenda como funciona o Forex

Entenda como funciona o Forex

209
0

Este ano, a vida de muitos portugueses mudou drasticamente. As razões são diversas, mas conseguimos certamente encontrar no nosso círculo de amigos pessoas que podem ter perdido o emprego ou até famílias inteiras que também o perderam.

Em termos de investimentos e mercados financeiros, as coisas não têm estado muito melhores, pois a volatilidade deixou sua marca e cobrou seu preço e os investidores estão em um turbilhão de incertezas.

Alguns investidores conservadores buscarão refúgio e outros com perfis mais arriscados podem ser tentados a tentar a sorte com ativos altamente voláteis -na verdade, agora estamos no meio de uma volatilidade generalizada- e, portanto, arriscados, como moedas no comércio de Forex, por exemplo, muito afetadas pela situação deixada pela pandemia.

O que é o Forex?

Primeiro vamos ao básico dos básicos. Forex significa “foreign exchange market”, ou, por outras palavras, mercado de câmbio. O termo Mercado Cambial é também associado ao Forex em Português, porém menos usado atualmente, tendo-se mantido a sigla inglesa na maior parte das vezes.

E afinal o que significa esta “troca”?  Esta é a gestão do mercado de trocas que pode envolver até quatro biliões de dólares americanos. No Forex você opera com pares de moedas, por exemplo, o Euro por Dólar. Estas duas moedas podem ser trocadas entre si, embora no caso do trading de Forex as variações nos preços das moedas sejam utilizadas para tentar obter lucro, sem realmente comprar a própria moeda, ao invés de ir uma casa de câmbio tradicional para comprar por exemplo euros com dólares.

O que pode afetar o Forex?

Ao contrário do que se lê na Internet, este não é um método para ganhar dinheiro rapidamente. Ao contrário, é um método onde se tem que pensar muito bem o que se faz, o que se troca e as consequências dessa troca para um estudo real, pois além disso as operações no trading de Forex são realizadas com alavancagem e isso implica em elevados riscos de altas perdas de capital.

Existem fatores externos que influenciam a mudança no câmbio que normalmente é feita no Forex.

Por exemplo, para termos uma ideia, no 11 setembro quando existiu um ataque terrorista, várias pessoas classificaram como “não ético” está a vender o Dólar, uma vez que o Dólar estava bastante baixo dadas as circunstâncias que tinham acontecido nos Estados Unidos da América.

Também existe um fenómeno chamado de “Black Wednesday”, ocorrido em 1992, quando o Reino Unido foi forçado a sair do mercado de troca porque a sua moeda ficou a um nível tão baixo que deixou de fazer parte dos standarts da ERM  – European Exchange Rate Mechanism – que na altura era um mecanismo para proteger o valor mínimo das moedas dos vários países que iriam para a futura União Europeia e entrar no Euro como moeda única.

Ou seja, aquilo que pode afetar o Forex são eventos à escala mundial, eventos com início público ou privado de grande dimensão, anúncios ou relatórios de entidades como o FMI ou a União Europeia que estejam relacionados com um determinado país, e tudo aquilo que pode alterar o normal fluxo da economia à escala nacional ou Internacional.

Como aprender a “arte” do Forex?

Existem sempre duas posições, a posição do vendedor e a posição do comprador -são chamadas de posições de compra ou venda embora já tenhamos destacado que no comércio Forex online as moedas não são compradas nem vendidas, os aumentos e quedas de seus preços são usados ​​para especular-.

Existem várias plataformas que fazem a troca de moedas quase de forma automática, no entanto, deve-se sempre saber as bases para se saber aquilo que se está a fazer. A troca em segurança é um fator primordial no Forex, uma vez que deve-se entender bem quais é que são as regras para se conseguir os resultados pretendidos.

Além disso, existem diversos cursos, não só em português como também em inglês, que ensinam a fazer estas trocas de forma profissional ou pelo menos de uma forma menos amadora.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here