Início Escola Eis As Disciplinas Que Serão Mais Afetadas Pela Falta De Professores

Eis As Disciplinas Que Serão Mais Afetadas Pela Falta De Professores

21742
5

A previsão do Conselho Nacional de Educação é que até 2030, mais de metade dos professores estarão reformados. Não existe renovação possível para um tão curto espaço de tempo, mesmo tendo em conta o número de professores contratados existentes.

A falta de professores será uma realidade e um problema muito sério para a Escola Pública e para os professores que na altura estarão no ativo.

Mas nem todas as disciplinas serão afetadas da mesma forma, o mesmo estudo indica onde a falta de professores será mais visível.


“Dos 89 925 docentes dos QA/QE e QZP, que em 1 de setembro de 2019 terão 45 anos e mais de idade, 51 983 (57,8%) poderão aposentar-se num prazo de 11 anos: 17 830, nos primeiros cinco anos, 24 343 nos cinco anos seguintes e 9810 entre 2029 e 2030.
Entre os grupos de recrutamento mais afetados por esta saída por aposentação destacam-se a Educação Pré-Escolar (73%); no 2º CEB – Português e Estudos Sociais/História (80%), Português e Francês (67%) e Matemática e Ciências Naturais (62%); no 3º CEB e ensino secundário – Educação Tecnológica (96%), Economia e Contabilidade (86%), Filosofia (71%), História (68%) e Geografia (66%).”

Fonte: Estudo Seleção e Recrutamento de Docentes

COMPARTILHE

5 COMENTÁRIOS


  1. Meu caro Alexandre Henriques

    Leia o Estudo outra vez, pois parece-me que leu o Estudo de pernas para o ar.

    O Estudo veio demonstrar de forma contundente que, actualmente, existe EXCESSO DE PROFESSORES.
    O estudo prospectivo permite também concluir que o flagelo do DESEMPREGO DOCENTE vai continuar por décadas.

    Mais!… O EXCESSO é BRUTAL em educadoras, professoras primárias e professoras das educações físicas.

    Leia….leia….mas leia tudo.

    • Mas que coisa!!! O que mais conheço é professores à espera de uma oportunidade na profissão: uns dão em períodos rotativos e temporários, outros andam há anos a tentar aplicarem os seus conhecimentos e sonhos de vida profissional entretanto desfeita. Haja clareza e realismo. É verdade que com o mau trato daqueles que exercem a profissão leva os jovens a não ter interesse em lhes seguirem os passos, ou será que estes “anúncios” têm a intenção de continuarem a engrossar as listas de espera para recrutamento fácil e barato ? Importa referir que tenho 64 anos e não sou professora.

    • É verdade que existe excesso de professores em algumas áreas, mas isso não resolve o problema da falta noutras. Ou será que vamos ter Educadores de Infância a lecionar Matemática, Biologia, Alemão ,…?

      • É para isso que se trabalha. Os alunos só precisam de uma grande biblioteca (lugar onde se encontram os computadores) e dois ou três professores e um funcionário a servi-los e muita atividade interessante na escola. Aprenderão o quer que seja com os seus pares. Um professor apenas terá de usar algumas técnicas (testadíssimas) de pedagogia e, sobretudo, minfulness, Em caso de insucesso, os profs terão de fazer um exame de recuperação para se adequarem às novas boas práticas. Felizmente estarei morto quando lá chegarmos e não poderei atrapalhar a marcha do progresso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here