Home Notícias É Mentira Que A Fenprof Tenha Tentado Invadir O Conselho De Ministros

É Mentira Que A Fenprof Tenha Tentado Invadir O Conselho De Ministros

399
3

Não foi 1, nem 2, nem 3, foram vários os órgãos de comunicação social que noticiaram que a Fenprof tinha tentado invadir o Conselho de Ministros. Após a publicação aqui no ComRegras e respetiva crítica, surgiram vários comentários na nossa página de facebook a referir que tal não correspondia à verdade. A Fenprof fez a cronologia do sucedido e nunca referiu que tentou invadir o que quer que fosse, mas também não retificou ou tentou limpar a sua imagem das inverdades que estavam a circular.

Ontem a PSP veio esclarecer que não houve alteração de ordem pública e que a Fenprof comportou-se à altura do exigido.

Uma boa e má notícia, boa por ver que o principal sindicato de professores não perdeu a cabeça e má pois os órgãos de comunicação social publicaram falsidades sem que o Governo o tivesse desmentido. É legítimo perguntar se estas notícias foram encomendadas pelo próprio Governo, o que se assim foi, a “guerra” Governo vs professores galgou as barreiras do razoável.

Nesta casa defendemos sempre a verdade e apesar de ter sido induzido em erro, é de inteira justiça apresentar o meu pedido de desculpas à Fenprof pelo juízo de valor feito.

Alexandre Henriques


Conselho de Ministros em Bragança “sem incidentes”, diz PSP

A PSP de Bragança explicou, esta sexta-feira, que o Conselho de Ministros que ontem se reuniu na cidade “decorreu com normalidade e sem qualquer registo de incidentes”.

O esclarecimento responde às notícias que davam conta de que o secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, teria tentado invadir o auditório principal (rés-do-chão) do Teatro Municipal, na altura em que decorria o “briefing” com a comunicação social, depois de António Costa ter saído da sala de atos do mesmo edifício (no último piso).

Segundo a PSP, “a entrada e saída dos membros do governo não sofreu qualquer alteração ou constrangimento causado pela presença de um conjunto de manifestantes afetos à FENPROF”, que organizou uma manifestação na Praça Cavaleiro de Ferreira, em frente ao Teatro Municipal, quando decorria o Conselho de Ministros. Na ocasião, Mário Nogueira disse aos jornalistas que queria entregar sete mil postais, com reivindicações ao primeiro-ministro, mas não chegaram a cruzar-se.

Na mesma nota de imprensa, a PSP esclarece que, “enquanto decorria a conferência de imprensa, o líder da FENPROF aproximou-se de uma das portas de acesso, questionando o comandante do policiamento quanto à possibilidade de efetuar a entrega de umas caixas, tendo-lhe sido comunicado que tal não era possível. Não existiu, em momento algum, qualquer atitude hostil por parte deste dirigente sindical que, apesar de aludir a algumas palavras de ordem, abandonou o local, sem registo de qualquer incidente”.

A PSP acrescenta que “os manifestantes mantiveram um comportamento que se pautou pelo respeito pela ordem e legalidade democrática, que não indiciava qualquer preocupação especial de segurança”.

Fonte: JN

3 COMMENTS

  1. Muito bem , Alexandre Henriques! Não precisa de defender a FENPROF, nem nenhum sindicato, mas é importante que defenda a verdade…
    Disto tudo tirem-se as ilações que se quiserem, eu já tirei as minhas… O rancor do PS aos professores é grande , desde o tempo de MLR, e o seu sonho é que os sindicatos sejam desacreditados, todos… Desta forma a oposição fica dispersa, não tem poder organizativo, nem reivindicativo, e fica-se pelo teclado e pelo etéreo da blogosfera…
    Volto a dizê-lo, da minha parte não contem para dar cabo dos sindicatos, de nenhum! Posso fazer críticas a estas organizações? Claro! Vejo problemas? Sem dúvida! Não farei é o jogo, basta pensar um pouco sobre a notícia falsa para ver o que se pretendeu, de quem tem objetivos de dividir a classe e enfraquecê-la para poder fazer o que deseja… É disto que falámos! Não sejamos inocentes fingindo que não vemos os propósitos e o modo… Com as nossas diferenças, a classe deve estar junta!

  2. E o que o PCP fez relativamente á ilc?
    Ódio aos profs igualmente.

    E as encenações fenprof –pcp ?

    queres pagar quotas ao menos paga a sindicatos independentes de partidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here