Início Família Disciplina do passado vs Disciplina do futuro

Disciplina do passado vs Disciplina do futuro

217
0

Passado-e-FuturoGerações diferentes, educações diferentes… O que dantes era a prática comum e vista como a solução, hoje é encarada como a causa para uma série de desequilíbrios e traumas emocionais. Sem dúvida que o caminho a seguir não pode ser o da violência, mas é preciso ter muito cuidado para não “apaparicar” demasiado as nossas crianças para que mais tarde não nos tornemos vitimas de pequenos ditadores. Fica um comparativo da disciplina tradicional com a denominada disciplina positiva.

Os Perigos da Disciplina Tradicional

  • Disseminar medo nos filhos não é o caminho e cria sentimentos de vergonha e humilhação. O medo é um fator que aumenta o risco de comportamentos antissociais no futuro, incluindo a prática de crimes e abuso de substâncias;
  • Estudos mostram que bater ou aplicar outras técnicas de disciplina física podem criar problemas emocionais e comportamentais;
  • A disciplina dura e física ensina aos filhos que a violência é a única maneira de resolver  os problemas;
  • Disciplinas controladoras, ou manipuladoras, comprometem a confiança entre pais e filhos, e prejudicam os vínculos;
  • É um sinal de força e crescimento pessoal quando os pais examinam as suas próprias experiências de infância e como elas podem influenciar negativamente a educação dos filhos, procurando ajuda caso não consigam implementar a disciplina positiva.

Uma Abordagem Mais Subtil para a Disciplina

  • A disciplina positiva começa no nascimento. Os laços afetivos e de confiança são estabelecidos quando os pais atendem consistentemente e amorosamente as necessidades do bebê, tornando-se a fundação da disciplina;
  • A disciplina positiva envolve o uso de técnicas como prevenção, distração, e substituição para guiar gentilmente os filhos para longe do perigo;
  • Ajude o seu filho a explorar com segurança, vendo o mundo através de seus olhos, e demonstrando empatia enquanto ele experimenta as consequências naturais dos seus atos;
  • Tente entender a necessidade por detrás de um determinado comportamento do seu filho. Eles frequentemente demonstram sentimentos através do comportamento;
  • Resolva os problemas de forma a que a dignidade de todos permaneça intacta;
  • Entenda o comportamento apropriado de acordo com o desenvolvimento do seu filho, e adapte a maneira como você orienta o seu filho, de modo a que as suas necessidades e feitios sejam compreendidos;
  • Os filhos aprendem através de exemplos, então é importante esforçar-se para oferecer um modelo com ações e relacionamentos positivos dentro da família e em interações com outras pessoas;
  • Quando os pais reagem de forma tensa, com raiva ou mágoa, são criadas fricções que podem originar danos na relação, dediquem tempo para reconectar e pedir desculpas caso se justifique.

As Ferramentas para a Disciplina Positiva

Esta não é uma lista completa e algumas técnicas descritas podem não ser adequadas para alguns filhos de idade ou temperamentos específicos.

  • Mantenha um relacionamento positivo
  • Use a empatia e o respeito
  • Pesquise sobre disciplina positiva
  • Entenda a necessidade não atendida
  • Trabalhe em conjunto para obter soluções
  • Seja proativo
  • Entenda as habilidades de desenvolvimento do seu filho
  • Crie um ambiente que propicie o “sim”
  • Aplique a disciplina através de brincadeiras
  • Mude as coisas para melhor
  • Fale sobre fatos, ao invés de ordens
  • Evite rotular
  • Faça pedidos usando afirmativas
  • Permita que aconteçam consequências naturais
  • Elogie com cuidado
  • “Use” o tempo, ao invés de “pedir” tempo
  • Use o tempo, também como pais
  • Converse com o seu filho, antes de intervir
  • Não obrigue seu filho a pedir desculpas
  • Dê conforto primeiro ao filho machucado
  • Ofereça escolhas
  • Seja sensível a fortes emoções
  • Pondere cuidadosamente, antes de impor a vontade dos pais
  • Use consequências lógicas com moderação e com compaixão
  • Use incentivos criativos com filhos mais velhos

Aprender a usar a disciplina positiva pode não ser fácil para muitos pais, especialmente se eles foram criados num ambiente mais tradicional e autoritário. É por isso que é tão importante conversar com outros pais, ou em último caso procurar ajuda profissional.

Adaptado de Via Paizinho, Vírgula! – http://paizinhovirgula.com/praticando-a-disciplina-positiva-criacao-com-apego/
COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here