Home Escola Deputada Ana Mesquita (PCP) Diz Que ILC Ataca Direitos Conquistados Pelos Professores

Deputada Ana Mesquita (PCP) Diz Que ILC Ataca Direitos Conquistados Pelos Professores

1224
11

Grave, muito grave  o que disse a deputada Ana Mesquita sobre a ILC. Para quem não sabe, a Ana Mesquita esteve presente na audição da ILC e nunca referiu as preocupações agora publicadas via facebook. Fico por isso muito baralhado, por que motivo o PCP não votou contra a ILC, já que era assim tão gravosa para os professores.

Imagem retirada da página facebook “Professores ultrapassados pelo reposicionamento”
Imagem retirada da página facebook “Professores ultrapassados pelo reposicionamento”

Segundo a deputada Ana Mesquita, a ILC é um ataque aos professores e uma via aberta para a alteração do Estatuto da Carreira Docente. Mas desde quando é que a recuperação integral do tempo de serviço de uma só vez, implica uma renegociação do ECD??? Um orçamento retificativo sim, pelo atraso da Assembleia da República diga-se, agora mexer no ECD??? Estamos a cair no campo da ridículo, onde qualquer justificação é atirada para o ar para justificar o injustificável. Aliás, no documento oficial do PCP, onde se pronuncia sobre a abstenção de voto, escrito pela mesma Ana Mesquita, nem uma palavra consta sobre o ECD.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?
Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [572.25 KB]

É triste que venhamos a saber, que uma mentira esteja por detrás da abstenção do partido que diz à boca cheia estar ao lado dos trabalhadores.

Apesar da ILC ter chegado ao fim, pelos vistos ainda continua a incomodar muita gente, curiosamente pessoas com ligações muito fortes a sindicatos e partidos titulares dos movimentos de luta.

Alexandre Henriques

 

11 COMMENTS

  1. Vamos começar a investigar…..

    “Se o PSD estivesse no Governo qual seria a alternativa? Havia dinheiro, os tais 600 milhões?

    O PSD teria começado por propor alterações no Estatuto da Carreira Docente.

    Que tipo de alterações?

    Em primeiro lugar o problema da profissionalização. Em segundo lugar o problema da avaliação de desempenho. E em terceiro lugar os próprios escalões de progressão, tentando adaptá-los – sem levar tudo pela mesma bitola – a outras carreiras. Mas eu entendo que a profissão de docente tem características que fazem dela um corpo que merece atenção especial devido ao desgaste que tem no que diz respeito a muitos anos a lidar com miúdos, com não sei quantas turmas, etc…

    Está consciente de que, tal como quando foi ministro da Educação, se quisesse ir rever agora o Estatuto da Carreira Docente teria os professores na rua…

    Não sei, tudo depende de saber como é que se quer mudar. Se se quer mudar relativamente aos que já têm direitos adquiridos ou se se quer mudar para os que vão entrar agora na carreira. Tem é alguma coisa que ser feito.”
    https://fne.pt/pt/noticias/go/acontece-david-justino-o-tempo-de-carreira-dos-docentes-deve-ser-respeitado

  2. “A ideia de avançar com uma proposta concreta de revisão do estatuto da carreira dos professores está a ganhar força dentro do Partido Socialista (PS). Em causa está a necessidade de alterar as regras das progressões dos docentes, tendo em conta que uma progressão em apenas quatro anos é “insustentável” do ponto de vista orçamental, avança o jornal “Público”.

    “Para Alexandra Leitão, a porta está aberta para, nas negociações, se aprovar um modelo de reposicionamento na carreira “sustentável”. Já para a secretária de Estado da Administração e do Emprego, Fátima Fonseca, “os custos que terão de ser ponderados serão necessariamente diluídos no tempo”. “A nossa tónica está em criar um modelo sustentável”.

  3. “Na retaliação, Joana Mortágua, do BE, questionou o ministro se “o Governo vai aprovar um regime faseado ou alinhar com a proposta de David Justino e do PSD de caducidade do Estatuto da Carreira Docente”, que defendeu a revisão do ECD. O ministro também não respondeu.”

  4. Pela minha parte, enquanto membro da Comissão Representativa, incomoda-me que uma Sr.ª Deputada venha a público chamar mentirosos aos promotores e apoiantes da ILC, irresponsáveis e capazes de “destruir direitos de classe que muito custaram a adquirir”.
    Depois de tudo isto, penso que a única atitude aceitável seria explicar como as suas afirmações se relacionam com a Iniciativa Legislativa de Cidadãos.
    Penso mesmo exigir-lhe essa explicação. E seguir as vias legais, caso não existam motivos plausíveis para semelhantes conclusões.
    Não sou política. Sou professora. Estou a exercer a defesa profissional dos corretos e legais direitos de trabalho. Logo, uma cidadã que se senta numa cadeira do Parlamento, não pode pôr em causa o meu bom-nome. Não lho permito. Nem a ninguém que motivos não tenha.

    • Pretor …neste caso, discordo parcialmente de si.
      Se há , houve partido coerente (independentemente da concordância ou não com as suas ideias) era o PCP… mas… desde que virou partido “responsável” que sustenta a governação … lá foi a coerência a congelar…

      No final das contas…é assim – quando sentem algum poder/ possibilidade de poder/ameaça ao poder que, todos eles, acabam por se revelar sem qualquer ponta de vergonha e de escrúpulos. O mais divertido ainda vai ser o PCP defender a NATO, criticar a Coreia do Norte, dar razão à Ucrânia por causa da Crimeia, opor-se ao governo chinês e mandar Cuba para as urtigas e a Rússia fazer-lhe companhia… Já faltou mais!…e deverão esperar, eternamente, por resoluções da assembleia para voltarem a ser o que foram…

  5. Uma VERGONHA, uma completa FALTA de ESCRÚPULOS, uma MENTIRA que de de tão patética até dá pena ver ao que se chega.
    Eu li a ILC na íntegra, apoiei-a, assinei-a e dela dei conhecimento a muitos – fá-lo-ia, de novo, da mesma forma. E já agora, sra. deputada, não me tomo por ignorante!

    Gostaria que a sra. deputada (para além da ridícula porta à alteração do Estatuto – que há muito anda aberta que se saiba… os deputados poderão andar desatentos mas… eu não… e a ameaça já perdura…) … bem, escrevia eu que gostaria que a sra. deputada ESPECIFICASSE os gravíssimos ataques a direitos conquistados pelos professores!!!
    Não perderá pela demora pois far-lhe-ei chegar (logo que tenha algum tempo disponível para o fazer), pela sua bancada parlamentar, gravíssimos ataques que têm sido empreendidos aos direitos dos docentes e… sem qualquer alteração dos estatutos e sem ILC!!! Ficarei, então à espera da acção do pcp… na defesa dos direitos dos professores.

    mas… tudo isto permite prever próximas jogadas na casa da dita democracia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here