Home Notícias Depois Da França Agora É A Austrália Que Decreta O Fim Dos...

Depois Da França Agora É A Austrália Que Decreta O Fim Dos Telemóveis Na Escola

547
2

A minha posição mantém-se. Pode ser um excelente objeto de trabalho, desde que seja utilizado com responsabilidade. O seu uso indevido deve ser fortemente penalizado.

Fica a notícia.


O ministro da Educação do estado de Victoria, James Merlino, anunciou esta segunda-feira que os telemóveis passarão a ser proibidos em todas as escolas públicas básicas e secundárias já no próximo ano letivo.

O objetivo é aumentar a concentração dos alunos e combater o cyberbullying no interior da comunidade escolar. Embora reconheça que a medida possa não ser bem recebida pelos estudantes e encarregados de educação, o governante insistiu que será vital também para aumentar o sucesso escolar.

“Os telemóveis dos alunos estarão proibidos desde o primeiro toque da campainha para entrar nas aulas até ao toque de saída”, afirmou James Merlino em conferência de imprensa.

Antes de começaram as aulas, os estudantes do ensino público de Victoria deverão assim guardar os seus telemóveis nos seus cacifos da escola, não estando autorizados a ir buscá-los nos intervalos ou na hora de almoço. Em casos de emergência, os pais e/ou encarregados de Educação deverão contactar a escola para entrarem em contacto com os estudantes.

As únicas exceções dizem respeito aos alunos que utilizam os telemóveis para controlarem problemas de saúde, ou quando os professores solicitam excecionalmente a utilização numa aula para uma atividade curricular.

O ministro da Educação de Victoria garantiu ainda que as escolas públicas do estado continuarão a apostar na literacia digital, através da utilização de outras tecnologias nas aulas. Apesar de a medida dizer respeito apenas ao ensino público, algumas escolas privadas daquele estado australiano já se manifestaram disponíveis também para aplicar a restrição.

No ano passado, o governo francês anunciou também a proibição dos telemóveis nas escolas públicas do ensino básico e secundário a partir do atual ano letivo (2018/2019). A medida foi aprovada a 7 de junho na Assembleia Nacional.

Fonte: Expresso

2 COMMENTS

  1. Por aqui…habitualmente na retaguarda ( que por cá- na retagurda- continuaremos) mas deslumbrados facilmente … e como somos um país de gente rica que pode não ter dinheiro para pagar a mensalidade do condomínio mas têm sempre a última geração de qualquer coisa .. chegaremos lá 15 anos depois… com os problemas emocionais, comunicacionais e aditivos acrescidos…mas, “está-se bem” que nunca se aprende com a experiência dos outros…repetimos, frequentemente, os erros que outros já corrigiram e quando querem ser inovadores vão buscar roupa velha que remendam para parecer nova…
    Pelo menos na educação é assim mas alguém ganha ” notoriedade, enche o ego e provavelmente incrementa as possibilidades de carreira ( ou carreirismo)!!!

  2. O telemóvel na Escola tem servido essencialmente como arma para chatear… e de todas as formas… quem se deixar chatear… nunca tive uma experiência negativa com esse facto porque sempre lhe atribuí uma importância relativa. Mas isto é como tudo, e nem todos reagimos da mesma forma às adversidades… Mas já vi casos muito aborrecidos, onde o telemóvel foi a arma interveniente para chatear um professor, gravando uma aula, aparentemente normal, mas cujos paizinhos novos ricos, alegavam que o professor em causa, “estava sentado na aula sem fazer nada, enquanto os alunos trabalhavam, pelo que é inconcebível ganhar o ordenado pago pelos contribuintes…”
    Curiosamente, o paizinho autor do discurso, já teve várias empresas na zona e todas foram fechadas por falta de pagamentos ao estado e fraude fiscal. Portanto, um exemplo para a prol! O indivíduo revelou ainda, que a gravação em video, da aula, foi ideia sua, mas gravado pela filha. Tendo sido também ele a colocar o vídeo nas redes sociais para que todos vissem que os professores não fazem nada. Escusado será dizer que nada aconteceu ao paizinho!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here