Home Rubricas Cyberbullying

Cyberbullying

151
0

Ou assédio, perseguição, ameaças, insultos, mensagens abusivas online. Em Portugal ouve-se pouco falar deste fenómeno, mas ele existe e pode ter consequências desastrosas na vida dos jovens. O mais provável é que o seu filho não lhe conte o que se passa, por isso aqui ficam alguns sinais de alerta:

Fica nervoso quando está online ou quando recebe uma mensagem no telefone; fica claramente zangado e irritado depois de estar no computador ou ao telefone; esconde o écra do computador ou telefone quando você se aproxima; passa cada vez mais tempo online; afasta-se de amigos, desleixa o trabalho escolar ou quer evitar a escola; perde o apetite, está excessivamente sensível, chora, parece depressivo, tem dificuldades em dormir; pode haver baixa no rendimento escolar.

A resposta a este fenómeno tem de ser rápida. Não é raro os adolescentes ponderarem o suicídio para acabar com o mal-estar.  Se descobrir que ele está a ser vítima, seja empático e apoiante. Leve muito a sério a possível gravidade da situação. Nunca coloque a hipótese de ele ter provocado esta situação – mesmo que tenha cometido um erro, este tipo de ataque é sempre injustificável. Não seja duro com ele. Estudos mostram que muitos adolescentes não contam aos pais o que se passa porque têm medo de perder os privilégios de aceder à internet. Avalie a gravidade da situação. Se as ofensas forem de baixa gravidade, o melhor é ignorar ou simplesmente não responder. É essencial que o seu filho não responda da mesma forma. Se for grave, imprima as mensagens e guarde. Bloqueie o endereço do agressor – há aplicações disponíveis – ou identifique como SPAM. Mude o número do telefone do seu filho e retire-o das redes sociais. Contacte o diretor da escola – habitualmente o agressor é colega – e peça-lhe que tome medidas imediatas. Pode haver outros colegas a serem vítimas. Se persistir, contacta as autoridades. Considere apoio psicológico.

Não confunda os “arrufos” da sua adolescência com este fenómeno. Este tem dimensões demolidoras.

Sofia Homem Cristo

Diretora do Colégio da Beloura

colégio da beloura

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here