Home Notícias Covid-19. Vacina só chega a todos no fim de 2021, mas no...

Covid-19. Vacina só chega a todos no fim de 2021, mas no verão já haverá “número significativo”

132
0

Rui Ivo, presidente do Infarmed, estima que as primeiras vacinas para a covid-19, após a aprovação da Agência Europeia do Medicamento e com o processo de aquisição a ser centralizado na União Europeia, possam começar a chegar a Portugal no início de 2021. “Se houver aprovação em breve, no início do próximo ano, em janeiro eventualmente, podemos ter em Portugal as primeiras doses de vacina. E no início do verão teremos um número muito significativo de pessoas abrangidas”, precisou em resposta às perguntas de Marcelo Rebelo de Sousa.

As entregas serão faseadas ao longo de todo o ano. Mas até lá, é preciso a avaliação do agente regulador e que neste momento está a incidir sobretudo sobre três ofertas: a vacina que está a ser produzida pela Universidade de Oxford com a AstraZeneca, a da Pfizer com a BioNTech e a da Moderna.

A União Europeia tem contratos de aquisição já delineados com quatro laboratórios. AstraZeneca, Pfizer, Sanofi, Jansen, estas duas últimas em fase não tão adiantada dos ensaios clínicos.

As primeiras autorizações serão condicionais e obrigarão a um acompanhamento ainda dos resultados e dos efeitos nos grupos que estão a ser vacinados. Mas os resultados preliminares já anunciados pela Pfizer e pela Moderna são promissores, com ambas as farmacêuticas a indicar uma eficácia superior a 90%, valor acima do que era incialmente esperado. Os dados dizem respeito, no entanto, a uma amostra pequena e falta ainda saber uma série de dados para se perceber quão determinantes vão ser na proteção dos grupos mais em risco e na disseminação dos contágios.

Fonte: Expresso

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here