Home Escola Como é que eu consigo ensinar se não me ouvem…

Como é que eu consigo ensinar se não me ouvem…

399
6

distraidoEstou chateado, de mau humor e zangado com os meus alunos. Talvez esteja a ficar velho e a minha paciência diminui a olhos vistos. Mas fico sempre com a sensação que muitos miúdos simplesmente não ouvem. Tive duas turmas que hoje a taxa de atenção/concentração foi próxima do 0, e não me venham cá com ritalinas ou défices de atenção, planos para aqui, medicamentos para acolá. Quando está tudo na boa, com risadas, comentários, abraços e beijinhos, o problema não é cognitivo, é mesmo de saber estar!

Os “cavalinhos selvagens” como chamo aos alunos do 7º ano, são isso mesmo, “selvagens”, sem regras, sem noção dos limites e encaram a minha disciplina (E.F) como recreio.

Não ouvem, eles simplesmente não ouvem e não ouvem porque não valorizam, passam a vida a pedir-me para jogar a bola e levam sempre a mesma resposta, eu não sou professor de futebol, sou professor de educação física e tenho matéria para dar. Eles não vêem a minha disciplina como um espaço de aprendizagem, eles querem apenas brincar. Eu até sou apologista da aprendizagem lúdica, mas uma coisa é brincar e aprender, outra coisa é disparatar.

“Perco” quase sempre 1 período a trabalhar com os alunos de 7º ano competências que deviam ser adquiridas no pré-escolar. Cada ano que passa vejo os alunos mais imaturos, mais mimados, mais birrentos, mais picuinhas, mais… grrrrrr… que raiva!

Ou então sou eu que estou a ficar velho, deve ser isso… espero que seja isso…

É que nem se trata de indisciplina, pois nas suas cabecinhas julgam que não estão a fazer nada de mal. Até isso lhes tenho de ensinar/explicar…

Caramba, é assim tão difícil entender que não podes correr com a bola na mão, é assim tão difícil entender que é suposto apanhar uma bola antes que ela caia ao chão, é assim tão difícil entender que tens de colocar as mãos atrás da linha de partida antes de uma prova de velocidade… Não é ciência nuclear!!! É falta de atenção, interesse, motivação sei lá…

Cheguei ao ponto de ter um aluno a perguntar-me se a bola tinha entrado no cesto… MAS FOSTE TU QUE A LANÇASTE!!! NÃO VISTE??? Não sei, não vi disse ele e riu-se.

Confesso que muitas vezes saio da escola a pensar que estou a emburrecer…

Desculpem o desabafo!

6 COMMENTS

  1. Sim , está a ficar velho… Sim, as criancinhas fazem tudo o que querem e muitos progenitores colaboram na ” farra”… Mas como sei que o caro autor é contra contra a maior parte das ações repressivas… lá terá de os aguentar!

  2. É verdade e está a acontecer cada vez mais cedo. E não vale a pena culpar os professores dos anos anteriores. Assisto a alunos (dou aulas fora da sistema e assisto) com idades mais novas que sabem estar, e quando chegam ao 4º ano já não sabem estar…
    É falta de quê? Falta de muita coisa. Pode ser as novas tecnologias, aliadas à imaturidade, à falta de exemplos sociais sobretudo nos media, a falta de autonomia a que sujeitamos os nossos filhos, num permanente ciclo de “não quero que cresças – compenso a tua falta de futuro com amor e mimo”, mas o que é verdade é que faltam estudos psicológicos sobretudo. Não vale a pena apontar dedos, não vale a pena culpar a sociedade. Vale a pena tentar encontrar as causas e trabalhar nelas.
    E ser forte, na vida e nos princípios que nos levaram a ser professores.
    Falo eu que não estou no sistema… mas ando na sua margem! (os alunos são os mesmos, e as turmas também)

  3. Caro Professor de Educação Física, aconselho a ler e conhecer o
    Prof. José Pacheco, se estudar bem e fizer a lição vai ter a sua resposta

    • Olá Sónia. A escola da ponte tem os seus méritos e já disse que gostava de dar aulas nessa escola para sentir as diferenças. Mas mesmo na escola da ponte existem momentos em que os alunos têm de ouvir o seu professor. Dou uma disciplina prática, raramente falo… os alunos passam quase a totalidade da aula em atividade… a questão vai mais fundo, vai à desvalorização da disciplina de e.f e ao distanciamento cada vez maior que os alunos têm com a sua prática.
      Mas obrigado pela dica.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here