Home Notícias Confap Alerta Para Problemas No Ensino À Distância

Confap Alerta Para Problemas No Ensino À Distância

1250
0

A Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) alertou hoje para o risco de um “ano letivo seriamente hipotecado”, caso as dificuldades no ensino à distância não sejam resolvidas até ao início do terceiro período letivo.

“Se à data do início do terceiro período não tivermos já dado passos significativos na organização deste novo modelo de ensino, se não tivermos sido capazes de nos adaptar a esta realidade, então teremos o ano letivo seriamente hipotecado”, advertiu a confederação em comunicado.

Segundo a Confap, os primeiros dias de ensino à distância representaram um “desafio de aprendizagem para professores, alunos e famílias”, mas na segunda semana em que a participação nas aulas é feita a partir de casa ainda se mantêm várias dificuldades que podem comprometer o novo modelo, implementado na sequência da suspensão das atividades letivas devido à pandemia covid-19.

Um dos problemas apontados pela confederação é a falta de acompanhamento por parte de alguns docentes. Apesar de reconhecer que, em muitos casos, os professores mantêm um contacto regular com os alunos, os pais têm denunciado situações em que praticamente não existe interação com os estudantes.

“Não estamos em regime de TPC, trata-se de dentro das contingências que nos foram impostas continuar o trabalho e empenharmo-nos para encontrar a melhor forma de o tornar valorizado”, escreve a confederação, sublinhando que é importante que os professores e as famílias percebam que “ainda estamos em atividade letiva.

Os pais admitem que o papel das famílias no acompanhamento dos alunos em casa é agora mais importante, mas sublinham que a escola continua a ser “a ignição das aprendizagens” e, por isso, também os diretores devem continuar a orientar a organização escolar, sobretudo para garantir a coerência nos meios de comunicação com os alunos, evitando “dispersões de natureza técnica”.

O acesso aos recursos tecnológicos que estão a ser utilizados pelos professores no ensino à distância é outro dos problemas que a Confap considera urgentes e, na quarta-feira, o presidente da confederação, Jorge Ascensão, já tinha alertado para as desigualdades entre os alunos.

“Este é um desafio ainda maior para se garantir a equidade e aqui, como também já o estão a afazer algumas autarquias, todos têm que se empenhar para que seja possível chegar a todos os alunos e permitir-lhes a igualdade de oportunidade”, escreve agora a Confap em comunicado.

O terceiro período inicia-se em 14 de abril, mas o primeiro-ministro, António Costa, admitiu na terça-feira que o encerramento das escolas poderá “ir muito além” das férias da Páscoa devido à pandemia de covid-19.

Fonte: Lifestyle.sapo.pt/

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here