Home Sociedade Como fazer um currículo que se destaque dos restantes currículos?

Como fazer um currículo que se destaque dos restantes currículos?

1150
0

Uma das habilidades que deve adquirir para ser uma das opções no processo de recrutamento de empresas é saber como fazer um currículo. Aprendendo a fazê-lo, conseguirá destacar-se e, consequentemente, não ser excluído antes de ser selecionado para uma entrevista.

A realidade é que, ao analisar os possíveis candidatos, os recrutadores só têm interesse em excluir hipóteses, de modo a tornar-se mais simples e rápido. Falhar em algum ponto irá levar à sua exclusão, certamente, portanto evitar erros é a solução.

Esses erros podem ser os mais variados, indo de algo básico até algo mais complexo e que, realmente, seja visto com maus olhos por parte de quem o quer contratar. De modo a evitar esses erros, elegemos algumas dicas que o irão guiar a fazer um currículo sem erros e que o ajude a conseguir o seu próximo emprego.

Como fazer um currículo que se destaque?

Numa vaga a que se candidatem centenas de profissionais, torna-se difícil ser o elegido. A realidade é que pode ter mais competências do que a concorrência, mas se um dos candidatos se destacar, você pode deixar de ser a escolha.

Aprenda como fazer um currículo com as dicas abaixo e evite ser rejeitado.

  1. Rascunhar primeiro, criar depois

Antes de pensar na criação do CV, faça um resumo com as competências e informações que serão úteis para a vaga em questão. Que caraterísticas serão importantes para a empresa que está a recrutar? Quais as formações ou competências úteis à vaga? Que experiência profissional pode ser relevante para a vaga em questão? Coloque-se na pele do recrutador e pense nas caraterísticas que o fariam, a si, escolher um candidato.

Esse primeiro rascunho deve ser feito numa folha que será consultada posteriormente, aquando a criação do currículo.

  1. Mantenha uma configuração adequada

Não crie um currículo muito longo, 2 folhas devem ser o suficiente. Quanto ao tipo de letra, use a padrão para garantir que o recrutador não se distrai do que é verdadeiramente importante; Calibri, Arial ou Times New Roman são adequadas. Além disso, caso queira destacar alguma informação, aumente o tipo de letra ao invés de usar negrito, ou insira imagens que chamem à atenção.

  1. Coloque as principais informações pessoais

Como fazer um currículo sem informações pessoais? Isso é impossível! Como tal, coloque o seu nome completo numa região central e, abaixo, acrescente alguns dados pessoais relevantes, como o seu endereço de e-mail, a data de nascimento, o estado civil, a sua localização, um número de contacto e redes sociais de interesse, neste caso, o LinkedIn.

  1. Adicione as redes sociais

Atenção, adicione as redes sociais que fizerem sentido para a vaga em questão. Se possui um Facebook pouco profissional e que não mostre, de todo, a sua imagem, a informação não será relevante.

Algumas das redes sociais mais importantes são o LinkedIn e o Facebook, assim como o seu contacto do Skype. Invista nas mesmas, caso façam sentido.

  1. Mostre o seu objetivo

O mais importante num currículo é não deixar dúvidas aos seus recrutadores, portanto defina qual o objetivo – neste caso, a que vaga se quer candidatar – e coloque essa mesma informação no CV. Desta forma, quando analisarem o seu currículo, saberão, exatamente, o que você espera conseguir com o contacto que fez.

  1. Insira as experiências profissionais

Sabendo o seu objetivo, o recrutador está à espera de descobrir qual a sua experiência na área. Neste momento deve mencionar todas as experiências profissionais que possam ser relevantes para quem analisar o seu CV.

Durante a inserção das mesmas, coloque-as na ordem inversa, ou seja, as experiências mais recentes em cima e as mais antigas no fundo. Coloque, ainda, o tempo de permanência nessa mesma instituição, pois alguns recrutadores dizem que permanecer muito tempo na mesma empresa pode ser essencial para a sua seleção.

  1. Formações relevantes

Ao saber qual o seu objetivo e as experiências que já teve no passado, o recrutador vai perguntar-se quais as formações que o acompanharam no seu percurso. Este é o momento de mencionar as mesmas. Coloque a licenciatura que tirou ou está a tirar, os cursos técnicos que fizeram a diferença no seu percurso, entre outras formações. Lembre-se que as mesmas devem ser relevantes à vaga em questão.

Tal como no ponto anterior, as formações devem ser mencionadas desde a mais recente até à mais antiga.

  1. Outras atividades

A prática de outras atividades, normalmente, é bem-vista por parte de quem está a recrutar. Fez outros cursos menos relevantes à vaga mas que façam sentido? Pratica alguma atividade há muito tempo? Fez voluntariado em alguma instituição? Seja qual for a atividade, este é o momento de a mencionar e de se dar a conhecer além do meio profissional.

  1. Adicione uma foto

Adicionar uma foto é essencial a qualquer candidatura, pois irá permitir que o recrutador se sinta mais próximo de si. Evite enviar um CV sem a mesma.

Durante a seleção da fotografia, lembre-se de incluir algo profissional, onde se veja o rosto e que seja adequada à vaga em questão. A exigência perante a questão estética vai depender do cargo a que se candidata.

  1. Evitar erros gramaticais

Evitar erros gramaticais é a melhor dica que lhe podemos dar sobre como fazer um currículo. Caso, durante uma análise, forem encontrados erros, o mais certo é que, automaticamente, o seu currículo seja excluído.

Os erros podem não ser vistos como algo mau, pois todos se enganam, mas se está a apresentar um documento importante a uma empresa e o mesmo tem falhas, obviamente, existirá a possibilidade de fazer o mesmo dentro da empresa. Imaginando esse cenário, o recrutador vai passar ao currículo seguinte.

  1. Escreva de forma profissional

Muitas vezes, para mostrar um lado mais descontraído e para se sentir próximo ao recrutador, cai na tentação de escrever de forma menos profissional, mas isso é um erro. A maior parte dos recrutadores gosta de receber currículos que se encontrem escritos de uma forma profissional.

Isto é facilmente entendido. Caso o negócio fosse seu, não gostaria que um possível candidato, numa primeira abordagem, fosse profissional e levasse o seu negócio como algo sério?

  1. Insira referências

Caso possua referências de outros trabalhos, este é o momento de as inserir. Estas são importantes para que os recrutadores saibam o que colegas anteriores pensam de si e do seu trabalho. Acredite, pode ser um ponto crucial!

Agora que sabe como fazer um currículo, deve começar a trabalhar no mesmo. Terminado, envie-o para a empresa em questão e aguarde uma resposta. Caso se candidate a várias vagas, personalize o currículo para cada uma delas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here