Home Escola Comentário do Diretor do Agrupamento de Escolas Ferreira de Castro (Sintra) ao...

Comentário do Diretor do Agrupamento de Escolas Ferreira de Castro (Sintra) ao artigo “O concurso de professores é como as filas de supermercado…”

428
0

Recebi este email do Diretor António Castel-Branco e o motivo pelo qual o publico é para que todos possamos “ouvir” o que é estar do outro lado. Nesta casa todos têm tempo de antena, ainda para mais quando se trata de um assunto tão polémico como o concurso de professores 😉

Caro Alexandre,escrever

Sou diretor do Agrupamento de Escolas Ferreira de Castro, em Sintra, e, atualmente, membro do Conselho das escolas.
Tenho seguido o “ComRegras” com muito interesse e, quer eu, quer o meu Agrupamento, temos participado nos estudos levados a cabo, que julgo serem de bastante interesse.

O motivo deste e-mail prende-se com o artigo “O concurso de professores é como as filas de supermercado…” que li com bastante interesse.
Sendo diretor de um agrupamento teip, lidei todos estes anos com a contratação de professores que, nos últimos, tiveram a forma da famigerada BCE.
Este ano foi para mim um sossego, pois não tive que lançar concursos nem andar a selecionar docentes (nunca usei critérios “manhosos”, mas aqueles que eram o mais justos possível), mas deparei-me, na CI, com diversos horários incompletos, mais propriamente de 8, 10, 12 horas, nos grupos 200, 220, 260, 300, 330 e 400. Nessa altura tinha professores a aguardar deferimento do destacamento por doença, professoras de gravidez de risco (3) e muitos professores de baixa por doença. Só na RR2 pude solicitar estes horários.

Aqui, e de modo a evitar o que aconteceu com o colega referido, tinham sido dadas instruções à equipa de horários para que todos os que fossem solicitados em RR2 (pedi um completo e anual do grupo 550 por denúncia do contrato), já tivessem sido expurgados das horas necessárias a completar os horários dos professores já colocados. Como exemplo, o horário do grupo 210 de uma colega destacada por doença foi dividido, tendo, juntamente com 6 horas do horário de uma professora do 210 em gravidez de risco, servido para completar o horário de 3 professoras. do 200, 220 e 300. O mesmo se fez com os horários do grupo 400 e do grupo 330, onde as horas a concurso já não tinham as que serviram para completar o horário de docentes colocadas.

Podem dizer-me que têm horários incompletos porque concorreram para eles. É verdade, mas penso ser mais justo dar as boas a quem já está na escola.
Há que estudar uma forma de otimizar os concursos, apesar de não saber qual a melhor maneira.

Deixo-lhe aqui o meu contributo.

Um abraço e continuação de um ótimo ano letivo,

António Castel-Branco

*Os sublinhados são de minha autoria

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here