Início Rubricas Comentário da Semana | Prenda de Natal?

Comentário da Semana | Prenda de Natal?

415
0

Marcelo veta diploma sobre carreiras dos professores

É justo! Em 10 anos ajudei e contribuí para que novos jovens se formassem, entrassem no mercado de trabalho… Fiz o meu trabalho com ética e dignidade. Não faltei. Não enganei nem menti. É justo, portanto.” Lys Manata



Tudo previsível… O famoso jogo estratégico da política no seu melhor… Agora , o governo não ficará mal visto perante a opinião pública…. terá uma desculpa para ceder e o Presidente vê a sua popularidade reforçada… Tudo desnecessário uma vez que tempo de serviço é tempo de serviço!” Beatriz Pinheiro



Ou muito me engano ou é aquilo a que o povo chama de “tapar o sol com a peneira”… Vão voltar a sentar-se à mesa para cumprir com o veto, mas não se alterará absolutamente nada. Continuaremos a ser enxovalhados na praça pública e, em vez dos tais 600 milhões que apregoam como sendo necessários para repor o tempo todo, enterrarão 750 milhões na banca para salvarem os interesses de sempre. Depois o povo é que vive acima das suas possibilidades…” José Cesário Moreira

Um veto de congelador para aquecer o problema

 “Vão ter de negociar e não estão satisfeitos. As eleições estão a caminho e a arrogância e hipocrisia às vezes pagam se caro. Penso que o Costa tem de rever a posição e não me venham com o dinheirinho porque só para a Nato até 2021 são 4 mil milhões e Portugal é só um ou a Madeira e os Açores estão no estrangeiro.” Antonio Maduro



“É isso. Mais do mesmo. Na minha teoria da conspiração, acho que até já estava combinado. Assim o governo não se sente obrigado a nada, nem dois, nem nove, nem… E lá vamos nós outra vez!E vamos! E se calhar não vamos sós!”  Luisa Faria

Um país, duas classes de professores

“As autonomias existem para decidir sobre o interesse das suas populações e a Constituição confere-lhes o poder de criar legislação, fora das funções de soberania, sem ter de seguir o padrão do continente.”
É disto mesmo que se trata! Aliás, nos Açores os docentes já recuperaram, em 2008) dois anos (2005-2007). Porquê: porque é justo e porque a governo tem consciência de que se quiser ter professores terá que valorizar e dignificar a carreira (o mesmo se passa na Madeira e no continente, embora os últimos ainda não tenham percebido a tragédia em que estão a mergulhar a Educação). Neste momento já existem grupos de recrutamento esgotados nos Açores, como Português/ Inglês, Matemática/Ciências, EVT, etc, ao mesmo tempo que se sabe que na próxima década reformar-se-ão centenas de professores. Logo, as Regiões estão a zelar, e bem, pelo futuro dos respetivos Sistemas Educativos.” Hildeberto Peixoto

Independentemente de considerar que ao mesmo tempo de serviço corresponde salário igual e, que acima de tudo, todos os professores têm o direito de lhes ser reconhecido o tempo que trabalharam, continuo a ficar perplexa com a mesquinhice da argumentação que redunda sempre em ataques dentro da classe. A resolução tomada pelos arquipélagos, reflete a justiça e o respeito por quem lá trabalha. Aqui não se trata de uma atitude discriminatória por parte dos governos regionais, mas da intransigência, da arrogância e prepotência de um governo central que apostou na estratégia de vergar e destruir uma classe profissional. Nunca vejo nestes textos de opinião falar das ultrapassagens resultantes da reposição de quem vinculou a partir de 2011, de todos aqueles que se encontram em banho Maria nos escalões de quotas, das desigualdades dentro das escolas no que respeita à distribuição do serviço, fruto da preferência de horários assente em critérios discutíveis, onde existe uma grande distância remuneratória. Por fim, raramente vejo alguém argumentar face ao princípio da proporcionalidade usado pelo governo para discriminar os funcionários públicos. O problema não são as regiões autónomas, o verdadeiro problema está aí em território continental e é esse que tem de ser combatido pelos professores.”  Cassilda Coimbra

 

 

Comentários retirados da página do Facebook do ComRegras

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here