Home Rubricas Comentário da Semana | Os bons, os maus e os assim assim…

Comentário da Semana | Os bons, os maus e os assim assim…

207
0

Os erros de análise nas avaliações intercalares

“É preciso caminharmos no sentido da simplificação e acabar de vez com o trabalho supérfluo, pelos professores, pelos alunos, pela escola..” concordo plenamente…., não basta lidar com os próprios alunos e suas ” diferenciações” com indisciplina ou não, ainda complicam e pressionam os professores com os programas e mais isto e mais aquilo…preencher isto e aquilo… enviar isto e aquilo com data limites… avaliar mais de uma centena de alunos de forma pormenorizada….ridículo ..isso devia caber ao professor decidir segundo o ritmo de cada turma mas não, este é obrigado a seguir “regras” estabelecidas por quem não conhece a realidade dos alunos e procura padronizar como se estes fossem todos iguais e obrigar avaliá-los todos da mesma maneira, não admira existir tantos “burnouts” nesta profissão….” Candeias Anabella

Discordo (na minha realidade). A avaliação de meio período da escola da minha filha é feita com todos os elementos de avaliação: aproveitamento, atitudes e valores, TPC e faltas de material. E são muitos os professores que personalizam as observações com comentários bastante completos sobre a prestação do aluno nas suas vertentes.”  Susana Cardoso Pereira 

Quem se preocupa com os bons alunos?

“Um dia criei uma sala de estudo solidária…. Todos a ajudar…. Os “excelentes” …. Os “medianos” … Os “insuficientes”…Muito bom. Durou um ano.. aniquilada pelos próprios professores profundamente elitistas… Cooperar? Solidariedade? Até diziam, como diretores de turma, aos pais interessados, que era uma ideia estapafúrdia. Há coisas….” Miguel Gameiro Silva

ME propõe recuperação de 2 anos e 10 meses de tempo de serviço. Como disse???

“BRINCADEIRA! Ninguém mais devia negociar com estes senhores até aparecer uma proposta honesta.” Margarida Monteiro

 

Comentários retirados da página do facebook do ComRegras

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here