Home Escola Chumbar Ou Não Chumbar? Esta Não É A Questão – João Costa

Chumbar Ou Não Chumbar? Esta Não É A Questão – João Costa

519
1

Pois não… a questão sempre foi o dinheiro, e neste caso, a falta dele…


1 COMMENT

  1. Demagogia em estado puro. A retenção é apenas o reconhecimento de que o aluno não reúne as condições necessárias para passar ao patamar seguinte, situação que é aplicada pelos professores a título excecional. Não pretende, nem nunca pretendeu, resolver o problema, tal como ir ao médico e ouvir o diagnóstico, nunca curou, nem pretendeu nunca, curar nenhum paciente, só o tratamento cura, se a prescrição for cumprida, o que na maior parte dos casos, em educação, não acontece, e daí a reincidência. Com a posição defendida, acaba-se com a evidência dessa situação, mais nada, pois investir para resolver o problema, de uma forma séria, implicaria pagar a educação em vez de optar politicamente por pagar a dívida externa e pagar aos bancos. Opção para a qual estamos em dívida com a História, pois nunca investimos para vencer o hiato que herdamos do Estado Novo, nem o crónico atraso cultural em relação aos países desenvolvidos (a diferença está a diluir-se, não porque nós estejamos a aproximar-nos em força dos seus níveis-estamos em velocidade de cruzeiro- mas porque devido às opções puerocêntricas destes países, estes estão a regredir, e com jeitinho ainda os apanhamos).
    Não existe dinheiro para tudo, e como os buracos não têm avesso, o que se avizinha são doses maciças de trabalho escravo para os professores. Como estes já estão enterrados em trabalho escravo e improdutivo, e estão em modo de autómato depressivo-funcional, totalmente amordaçados, vítimas de assédio moral, e tementes de cometer delito de opinião contra as sacrossantas bíblias das pseudo-ciências da educação, estou curiosa por ver como se resolve a quadratura do círculo e como vai o partido socialista tirar coelhos da cartola. O mais provável, como prestidigitador barato, é que vire os buracos do avesso e diga “Tcharan”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here