Home Notícias Caos no último dia das matrículas do ensino secundário

Caos no último dia das matrículas do ensino secundário

451
1

Os problemas nas plataformas informáticas, propriedade do Ministério da Educação, já têm uma reputação e tanto… Eu que conheço um pouco deste mundo digital, fico surpreendido como é que é possível existirem tantos problemas ao nível da velocidade.

Se precisarem de um contacto posso sempre fornecê-lo, é que o servidor onde está alojado o ComRegras e o blogue DeAr Lindo, com milhares de visualizações diárias não tem esse tipo de problemas e talvez até fique mais barato…

O prazo para os alunos se matricularem para o próximo ano letivo termina esta quarta-feira, mas os atrasos na plataforma informática onde se fazem as inscrições estão a lançar o caos, avança a edição impressa do Jornal de Notícias.

A complexidade, a lentidão e os bloqueios constantes da plataforma são os problemas apontados tanto pelos diretores das escolas como pelos encarregados de educação, que por esta altura fazem grandes filas nas secretarias das escolas. Os responsáveis dos estabelecimentos de ensino queixam-se ainda da falta de meios humanos para atender todos os pais e encarregados de educação na inscrição dos alunos.

Numa escola em Cinfães, explica o jornal, as mais de 80 pessoas que esperavam na fila para as matrículas, entre pais e crianças, tiveram de ser alimentadas com um “panelão de sopa” feito na cantina da escola. “Cheguei a distribuir senhas para marcar a vez”, disse Manuel Pereira, diretor do estabelecimento e presidente da Associação de Dirigentes de Escola.

Filinto Lima, presidente da Associação de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, afirmou que “todos os anos a plataforma dá problemas, mas está cada vez pior”, acrescentando que na escola pela qual é responsável foram realizadas apenas três transferências durante uma manhã.

Apesar do prazo, os responsáveis salientam que não vão deixar que nenhum aluno seja excluído devido aos atrasos. Fonte do Ministério da Educação confirmou que “a plataforma não é encerrada” e que os diretores têm acesso durante os próximos meses, estando a funcionar para “situações que sejam necessárias ultimar”.

Fonte: Observador

1 COMMENT

  1. Há alunos e eles k têm passado horas e horas nas matrículas.
    Mas o k considero estranho é k sejam os professores a fazê _las….isto já não tinha acabado?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here