Início Notícias Beneficiários da ADSE com limite de 24 consultas por ano

Beneficiários da ADSE com limite de 24 consultas por ano

284
0

Os beneficiários da ADSE vão passar a ter um limite de 24 consultas pagas por ano no regime livre. Ou seja, a medida aplica-se a todas as consultas em médicos sem acordo com este subsistema de saúde.

A decisão foi comunicada na quinta-feira aos representantes dos beneficiários numa reunião e entra em vigor em setembro, tendo sido inicialmente proposta pelos representantes dos beneficiários, incluindo sindicatos.

José Abraão, secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (SINTAP), confirmou à TSF a informação inicialmente avançada esta sexta-feira pelo jornal Público.

“Temos de ter em consideração a necessidade de criar as condições para não só o combate ao excesso e ao abuso, mas também ter em consideração a sustentabilidade da própria ADSE, fundamental para um milhão e 200 mil pessoas e para os aposentados e trabalhadores da administração pública”, explica.

José Abraão adianta, no entanto, que “este limite poderá ser excedido desde que haja justificação médica” e, assim sendo, o utente poderá ter mais de 24 consultas por ano.

Também em declarações à TSF, Fátima Amaral, dirigente da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, explicou que não se trata de uma medida que vem “retirar direitos”, mas sim de uma medida de “combate à fraude”.

“A grande maioria dos beneficiários da ADSE não utiliza 24 consultas por ano (…). Por outro lado, esta não é uma medida cega, é uma medida que admite a possibilidade de exceções, naturalmente que com comprovação médica”, acrescentou a sindicalista.

Fonte: TSF

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here