Home Escola Bem me quer, mal me quer…

Bem me quer, mal me quer…

224
0

A FENPROF, apresentou hoje dados concretos que mostram a opção pelas escolas privadas em detrimento pelas escolas públicas. Há muito que se fala sobre esta questão e está na altura de aproveitar os ventos favoráveis para dignificar esta matéria. A escola pública não pode ser boa para umas coisas e preterida para outras…

Números esclarecedores: alguns exemplos

Alguns exemplos:

  • No concelho de Coimbra foram entregues aos operadores privados 48 turmas; as escolas públicas têm ainda capacidade para 80 turmas.
  • Em Viseu contratualizaram-se 14 turmas, havendo capacidade para 22 nas escolas públicas.
  • Em Porto de Mós contratos para 13 havendo capacidade para 18.
  • Na Guarda contratos para 4, capacidade pública para 8.
  • Em Cantanhede: contratos para 10, capacidade para 13.

Como já referi, nesta região só em Leiria e Pombal é diferente. Mas poderia perguntar: se em Pombal as escolas públicas só têm capacidade para mais 5 turmas e foi necessário contratualizar 24 com os privados, quem se esqueceu de construir escola ou escolas públicas no concelho em que tem sede o grupo GPS? / Da intervenção inicial de Mário Nogueira perante os deputados da Comissão de Educação e Ciência, 19/01/2016

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here