Home Notícias “Baleia Azul” está a aumentar. Recomendações para pais

“Baleia Azul” está a aumentar. Recomendações para pais

231
0

Com o fim das aulas, os jovens passam (ainda) mais tempo nas redes sociais, cresce por isso a probabilidade de serem apanhados por esta baleia que de azul não tem nada. Os pais devem estar particularmente atentos ao que se passa e seguir algumas recomendações.

– Os pais devem manter-se informados e alertar as crianças para todas as implicações da Baleia Azul;
– Supervisão e monitorização das actividades dos filhos na internet e redes sociais;
– Pais devem explicar os perigos existentes quando adicionam desconhecidos nas redes sociais;
– Familiares, amigos e colegas da escola devem fazer parte da lista de amigos dos adolescentes;
– Não proibir o acesso dos filhos aos meios digitais;
– O diálogo e debate aberto sobre segurança, perigos e privacidade na internet
– Contactar a PSP logo que haja suspeita de que a criança é alvo de violência psicológica ou intimidação.

Há 34 novos casos relacionados com a Baleia Azul

(Sábado)

Desde 23 de Maio e até à passada segunda-feira, 17 de Julho, a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção da Crianças e Jovens (CNPDPCJ) registou 34 novas situações ao Ministério Público para investigação no DCIAP.

Desta forma, a justiça está agora encarregue de averiguar 44 ocorrências relacionadas com o jogo, uma vez que já estavam sinalizadas dez crianças e jovens.

Segundo a Comissão de Protecção de Menores, onze destas situações não são enquadráveis no jogo da Baleia Azul e foram arquivadas. Outros 19 estão em fase de diagnóstico, não se sabendo ainda se estão relacionados com o jogo online e apenas oito casos parecem estar enquadrados numa situação de perigo relacionado com o conhecido “jogo da morte”.

“Das restantes seis aguardamos a indicação em função de uma avaliação de diagnóstico recentemente iniciada”, refere José Matias Sousa, director executivo da CNPDPCJ.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here