Home Escola Atualmente a Madeira tem menos 75% de participações disciplinares (27 mil em...

Atualmente a Madeira tem menos 75% de participações disciplinares (27 mil em 2011/2012)

81
0

A afirmação é do Diretor Regional de Educação da Madeira, o que significa que na Madeira existe uma monitorização da indisciplina dentro da sala de aula, algo que no continente lamentavelmente não existe. O ComRegras foi a única entidade que no ano passado publicou dados semelhantes (a prazo publicarei os dados mais recentes) superando as 9 mil participações em apenas 4% das escolas, extrapolando para mais de 200 mil participações disciplinares em 2014-2015.

10% das crianças e jovens da Madeira são vítimas de bullying. É o dado principal do único estudo sobre violência nas escolas, realizado pela Universidade da Madeira. Entre Janeiro e Novembro do ano passado, 38 queixas de ofensas e ameaças à integridade física, envolvendo menores, deram entrada na Polícia. O repórter Sérgio Freitas Teixeira percorreu estes caminhos, no concelho da Ponta do Sol, para nos dar a conhecer a violência escolar e os comportamentos de risco nos jovens.

Conforme leram, a Universidade da Madeira fez um estudo onde em cada 100 alunos, 10 sofrem de bullying. É muito! Mas, mais do que constatar a preocupação pelos números apresentados, fiquei satisfeito por ouvir que na Madeira as escolas estão atentas e estão a apostar forte na formação de professores em mediação de conflitos, bem como na criação de equipas multidisciplinares.

Cada vez mais os professores lidam com conflitos, onde infelizmente tantas vezes estão envolvidos. A formação de base dos professores nesta matéria, está a anos luz do necessário e é a realidade e a prática diária que os vai “treinando” para lidar com a indisciplina escolar. Além disso, a formação contínua é escassa e dispendiosa…

Cabe às escolas e principalmente ao Ministério de Educação, preparar docentes e não docentes para a indisciplina que continua a aumentar, em vez de ter uma postura apática, aparecendo apenas quando a violência faz capa de jornais ou tem “honras” de abertura de telejornal.

(carreguem na imagem para ouvir a reportagem)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here