Home Rubricas As Trapalhadas E A Incompetência Do Ministério Da Educação – Parte 1

As Trapalhadas E A Incompetência Do Ministério Da Educação – Parte 1

5905
1

A “Mitigação” do tempo de serviço.

Depois de confirmada a pilhagem de mais de 6 (seis) anos do tempo de serviço dos professores o ministério da educação revela-se uma vez mais incapaz de fazer algo de forma inteligente.

Com a saída dos Decretos-Lei n.º 36 e 65 criou uma imensa embrulhada da qual não há fim à vista.

Seria pedir muito que um determinado assunto seja regulado por um único documento?

Que seja verdadeiramente esclarecedor?

Não! Este ministério pura e simplesmente não consegue.

Entra num transe de flexibilização, incha e explode como uma granada de estilhaços.

Depois começa a flexibilizar em todos os sentidos, “perguntas frequentes” para um lado, “nota informativa” para outro, “respostas a dúvidas” para cima, “aditamentos” para baixo, “esclarecimentos” em lançamento oblíquo, etc.

Isto não pode ser considerado “normal”. Isto é um autentico case-study de trapalhadas governativas.

Ligar uma ventoinha quando está calor é correto. Adubar uma terra com excremento também é correto.

Agora ligar a ventoinha lançando o estrume ao mesmo tempo é uma verdadeira porcaria.

O tipo de “porcaria” que é lançada sistematicamente sobre os professores e as escolas.

Estamos fartos, já chega! Irra!

Façam o vosso trabalho como deve ser.

Para quem quiser rever o processo kafkiano da miserável recuperação do tempo de serviço ficam em baixo as datas e os links (até ao dia de hoje, porque até domingo, estou convencido que vai haver mais…)

 

15-03-2019

Decreto-Lei n.º 36/2019 – Mitiga os efeitos do congelamento ocorrido entre 2011 e 2017 na carreira docente.

https://dre.pt/pesquisa/-/search/121081281/details/maximized

 

20-05-2019

Decreto-Lei n.º 65/2019 – Mitiga os efeitos do congelamento ocorrido entre 2011 e 2017 nas carreiras, cargos ou categorias em que a progressão depende do decurso de determinado período de prestação de serviço

https://dre.pt/pesquisa/-/search/122345224/details/maximized

 

23-05-2019

Perguntas frequentes

https://www.dgae.mec.pt/?wpfb_dl=36859

 

07-06-2019

Nota Informativa

https://www.dgae.mec.pt/?wpfb_dl=37388

 

12-06-2019

Respostas a dúvidas sobre a recuperação “faseada” (DL65/2019)

https://www.fenprof.pt/?aba=27&mid=115&cat=34&doc=12090

 

14-06-2019

Perguntas frequentes – aditamento

https://www.dgae.mec.pt/?wpfb_dl=37469

 

20-06-2019

Esclarecimentos à ANDAEP

https://www.comregras.com/wp-content/uploads/2019/06/DGAE-ANDAEP.pdf

Depois temos um ministro que diz que os professores são “os únicos” que podem “escolher o melhor de dois mundos”…

Só se for entre este mundo e o outro, porque de resto estamos conversados.

Sr. Prof. Zé

1 COMMENT

  1. Considero que deve ser enviado ao Presidente da República que, afinal, achou por bem promulgar a coisa!!! Não tem nada a dizer perante uma injustiça basilar (sem falar agora nas precedentes) de nem o 1º dígito do “nº de telefone” o ME saber marcar? – caso seja incompetência, o Sr presidente da república deveria exercer o seu magistério de influência na defesa das instituições democráticas, neste caso a administração pública educativa ou… ou… considera ser má fé e neste caso, nada fazendo, alinha com ela.
    Afinal um presidente atento aos portugueses pode não saber tudo…sendo, por tal, importante fazer-lhe chegar a informação…

    Penso que também deve ser enviada a todos os grupos parlamentares ( pois compete-lhes a fiscalização da acção do governo) e à comissão de educação… Veremos o que fazem e o que terão a dizer…
    Há cerca de uma semana fiz queixa, que aqui foi publicada, aos srs deputados sobre a inépcia da administração… Até agora nada… Fossem outros tempos e já teria respostas)/ desculpas ou outra coisa qualquer…
    Quando se serve Deus e o diabo quem se LIXA é, sempre, o cidadão!!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here