Home Notícias As refeições escolares têm de voltar à alçada da escola

As refeições escolares têm de voltar à alçada da escola

161
2

Lembro-me quando comecei a publicar notícias sobre a fraca qualidade e escassez de alimentos nas refeições escolares, vários foram os que disseram que se tratava de um exagero.

A FERLAP foi a primeira a denunciar a gravidade do que se estava a passar e a partir daí foi um não mais parar de denúncias com vídeos e fotografias. Os alunos fizeram aquilo que diretores escolares não conseguiram fazer, obrigaram o Ministério de Educação a agir e acordaram a sociedade.

Mas há quanto tempo é que sabemos que as refeições escolares deixam muito a desejar? Pais, alunos, professores, diretores, todos tinham conhecimento que almoçar na escola estava a anos luz de almoçar num restaurante de qualidade mediana. Pergunto, quantos diretores e professores almoçam regularmente no refeitório escolar?

Hoje sabemos que UNISELF, já foi multada pela Câmara de Cascais em quase 200 mil euros, fora as multas aplicadas por outras Autarquias.

Acho que já chega, já chega de desvalorizar o que está a acontecer e exigir que a compra e preparação das refeições escolares seja feita pela própria escola. Não faz sentido uma empresa estar a ganhar dinheiro com a alimentação das nossas crianças. As refeições escolares têm de ser uma despesa paga por todos nós, afinal pagamos impostos para alguma coisa… Ou os nossos impostos só servem para pagar à banca?

Autarquias multam empresa que fornece refeições escolares

(Público)

2 COMMENTS

  1. E, ao que parece, algumas crianças foram vítimas de processo disciplinar. Que pensa o/a autor/a desses processos?

    • Já escrevi que estou contra processos disciplinares que denunciam casos que põem em risco a saúde pública.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here