Home Escola Apresentada queixa contra professora | “A minha filha deslocou o pulso e...

Apresentada queixa contra professora | “A minha filha deslocou o pulso e está com gesso.”

186
0

Para não dizerem que só publico supostas agressões a professores, publico uma situação que ocorreu na Escola Básica Quinta da Veiga, em Braga.

Professora acusada de agredir alunos

(Correio da Manhã – Patrícia Lima Leitão e Secundino Cunha)

“Estávamos a ensaiar uma dança para a festa do Natal quando nos começámos a rir baixinho enquanto decidíamos quem ia fazer de rato e de aranha. A professora mandou-nos calar e começou a puxar-nos a todos”, conta Iara Duarte, de oito anos.

A mãe, Rosa Ferreira, vai apresentar queixa-crime contra a docente. “A minha filha deslocou o pulso e está com gesso.” O pai de outra aluna, porém, dá outra versão e diz que a filha lhe contou que a professora apenas pegou numa das crianças pelo braço, sem intenção de magoar.

O puxar pelo braço é algo “aceitável” numa escola e na sociedade, se os alunos não ouvem e recusam-se a cumprir com as ordens do professor, chega a um ponto em que tem que se obrigar o aluno a mudar de atitude, colocando-o no lugar que é suposto. É a mesma coisa que mandarem o vosso filho para o quarto de castigo e ele recusar-se a ir…

Só que alunos desta idade estão com os ossos em formação e qualquer puxão mal calculado pode causar consequências desagradáveis. Apesar de ser professor, sou também pai e nenhum pai gostaria de ver um filho engessado, muito menos por um puxão de um professor… Nestas coisas, o ideal é pedir no próprio dia desculpa ao aluno e encarregados de educação, até porque não terá sido intenção da professora engessar a menina.

O pior é se é verdade que no ano passado a mesma professora já tinha dado um estalo à menina…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here