Home Escola “Aos pais, um apelo: se os vossos filhos precisam de uma consciencialização...

“Aos pais, um apelo: se os vossos filhos precisam de uma consciencialização melhor, é esta a altura certa.”

2635
0

O que esta jovem professora não escreveu, é que os hackers de serviço que invadiram e vão continuar a invadir as aulas online, há muito que deixaram de ter pais…

Estes jovens só vão mudar quando a policia lhes bater à porta.


Carta aberta ao nosso país

Vivemos uma altura das mais atípicas dos últimos anos, vivemos uma situação de pandemia, uma época crítica.

Seria de esperar que, por estes tempos, se observasse solidariedade, entreajuda e bondade.

Ao invés disso, o nosso Portugal, de “portuguesitos”, assiste agora a uma das maiores barbaridades desta quarentena, não falo dos desafios constantes nas redes sociais (porque esses servem para passarmos o tempo), não falo das brincadeiras dos vídeos em casa, não falo de nada disso. Falo sim, de um grupo de jovens que decidiu que seria engraçado invadir aulas de professores e colocar esses momentos no YouTube, atingindo milhares de visualizações.

Aos pais, um apelo: se os vossos filhos precisam de uma consciencialização melhor, é esta a altura certa, se não têm maturidade suficiente para ter aulas através de plataformas digitais estando sozinhos, certifiquem-se de que estes estão na aula e não a enviar o ID e a password da mesma ao autor destas “invasões” que, para além de demonstrarem uma falta de noção descomunal, são infantis e de uma pobreza de espírito muito grande.

Aos jovens, percebam que enfrentamos uma altura de fragilidade, uma altura em que o professor que estão a saturar, ao deixar entrar alguém para perturbar a aula, pode estar a passar mal por ter um familiar doente, pode estar a passar mal por ter um grande amigo doente e, ainda que não esteja, que vos pese a consciência porque esse professor está a arranjar alternativas para que não saiam prejudicados.

A vocês jovens, a nós jovens, notem que os professores também são lesados desta situação, também eles preferiam não ter de nos dar aulas via plataformas digitais, mas a vida pregou-nos esta partida e eles estão a fazer o melhor que podem, a adaptar-se à nova realidade e estão a fazê-lo por nós. Notem que a educação é a chave da nossa vida, é o trunfo do nosso futuro, é aquilo que nos permite sonhar.

A vocês jovens, a vocês autores e cúmplices desta ação, tenham vergonha, sintam-se culpados, repensem as vossas atitudes e vislumbrem mais além. O mundo não é só nosso, o mundo é de todos e a todos cabe fazer dele um lugar melhor.

A vocês, tenham noção que, ao gravar aulas sem consentimento dos participantes lá presentes, incorrem num crime que poderá ser punido pelo artigo 199° do Código Penal, tenham noção que poderão ainda ser alvos de Responsabilidade Civil, uma vez que violam o Direito à imagem de outrem (artigo 79° Código Civil), pelo que existe a hipótese de serem obrigados a uma indemnização por via dos artigos 70° e 483° do Código Civil.

A nós Portugal, um bocado de humildade, de consciência e de bom senso. A nós Portugal, um bocado de crescimento pessoal e maturidade.

A nós Portugal, um bocado de união, um bocado de compaixão, um bocado de espírito português.

Leonor Pereira, in Observador, 19-04-2020

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here