Início Notícias Alunos Com Necessidades Especiais Sem Apoio No Novo Regime

Alunos Com Necessidades Especiais Sem Apoio No Novo Regime

752
0

O novo regime da inclusão escolar está a provocar o desnorte nas escolas, com cada uma a interpretar à sua maneira o decreto-lei nº 54/2018, denunciou esta terça-feira a Fenprof, que pede o adiamento por um ano da aplicação do diploma. “Foi publicado em julho, com muitos professores de férias. É preciso tempo para escolas, docentes e alunos se adaptarem a um quadro legislativo tão disruptivo em relação ao anterior”, afirmou Mário Nogueira, acusando o Ministério da Educação de ser “irresponsável”.

Ana Simões, coordenadora da Educação Especial da Fenprof, fala em “caos” e garante haver “alunos sem apoio”. “Não são mais porque a maioria das escolas está a optar por manter as práticas anteriores”. O novo regime obriga “a uma nova avaliação de todos os alunos”. Segundo a responsável, o conceito de Centro de Apoio à Aprendizagem, fulcral no novo regime, é confuso e interpretado de forma diversa. “O ME também está desorientado porque já vai na 5ª versão das perguntas frequentes”, disse.

Para Maria de Lurdes Martins, da Fenprof, “os alunos com dislexia que beneficiavam de terapia da fala podem ficar sem este apoio, que só abrange alunos alvo de medidas adicionais”. A Fenprof denuncia ainda que nas equipas multidisciplinares há docentes e técnicos com horários incompatíveis.

Fonte: Correio da Manhã

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here