Home Escola Aconteceu! Diretores Também Podem Ser Condenados E Demitidos

Aconteceu! Diretores Também Podem Ser Condenados E Demitidos

2332
5

Não quero ser injusto para com os diretores, pois sei que existem alguns (muitos?) que são efetivamente uma mais-valia para as escolas e a comunidade educativa revê-se e seguramente estará grata pela sua dedicação. Julgo que é o cargo mais difícil de exercer nas escolas, pois gerir adultos é infinitamente mais complicado do que gerir crianças e jovens.

Porém, a figura do diretor sofre de um mal terrível que afeta alguns (muitos?), principalmente os que há muito ocupam a cadeira do poder. Julgam-se acima da lei e de forma reiterada abusam do poder que lhes é confiado, criando um mau estar significativo nas escolas, principalmente nos seus professores. A desvalorização da indisciplina, o excesso de trabalho, a pressão sobre os resultados escolares e a salvaguarda que têm de que basta “controlar” o conselho geral para perpetuarem o seu poder, podem, em alguns casos, destruir uma escola.

Basta estar atento e até reparar nos comentários que irão surgir após esta publicação, para constatar que o desagrado com este modelo de gestão é transversal, inclusive pelos próprios diretores que gostariam de ter uma eleição mais democrática.

O blogue Escola Portuguesa publicou que o ex-diretor José Biscaia, o tal que chegou a agredir professores entre outras coisas, foi formalmente demitido no passado mês de novembro.

Carreguem no link para conhecer todos os contornos.

Ex-director do Agrupamento Azevedo Neves demitido

(…)

Contudo, chegado àquela fase, crítica para alguns directores, em que o poder lhes sobe à cabeça, foram-se acumulando acusações de prepotência, ilegalidades, abuso de poder: favorecimentos nas contratações de escola, irregularidades na gestão financeira, agressões físicas a professores e castigos cruéis e humilhantes a alunos, como sujeitá-los a duches frios em pleno Inverno.

Na sequência das queixas, foi aberto um processo disciplinar do qual resultou a destituição do director e a suspensão de funções por 150 dias. Mas, como o director desrespeitou a decisão condenatória, permanecendo ilegalmente em funções, houve matéria para nova acção disciplinar, desta vez culminando na pena mais grave prevista na lei: a demissão.

(…)

5 COMMENTS

  1. “Se queres ver um vilão põe-lhe um pau na mão.”
    Ditado popular que serve que em uma luva a muitos diretores e seus súbditos.

  2. Dá um pau a um prisioneiro e terás im carcereiro. É a experiência obtida por quem esteve num campo de concentração. Depois disso ninguém pode alegar que não sabia.
    Foi precisa muita atividade circense para se deixar de tapar o céu com a peneira, por isso este exemplo não conta como prova do funcionamento do sistema.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here