Início Editorial A Solução Que Muitos Ignoram Para A Falta De Professores A Médio...

A Solução Que Muitos Ignoram Para A Falta De Professores A Médio Prazo

1118
0

Há quem esfregue as mãos pela falta de professores que irá ocorrer na próxima década em Portugal. Uma certa revanche pelas diabruras que têm sido cometidas contra os professores ao longo de duas décadas.

Mas quem reflete um bocadinho, rapidamente chega a conclusão que o sentimento de vingança, por muito compreensível que seja, irá apenas ser substiutído por mais cansaço e revolta. A solução mais óbvia e que tem sido aplicada noutras áreas como a Saúde, ou mesmo este ano na Educação, é o reforço das horas extraordinárias dos seus profissionais.

Por exemplo a Suíça está exatamente com esse problema nas mãos, faltando-lhe anualmente cerca de 10 mil professores. A solução agora apresentada, passa pelo reforço da carga letiva dos professores, e/ou pelo aumento das turmas.

O problema é que esta(s) hipotética(s) solução(ões), irá(ão) causar um novo problema, a diminuição da qualidade dos serviços educativos, pois tal como se vê na Saúde, a exaustão dos seus profissionais, levou-os de forma natural a apresentar uma pior qualidade de serviço, potenciando o erro, levando mesmo à fuga de milhares de médicos para o setor privado.

E se na Saúde deixaram chegar a este vergonhoso estado de rutura, ao mesmo tempo que se gabam no Parlamento pelo cumprimento das metas do défice, imaginem o que irão fazer quando for preciso resolver o problema da falta de professores?

Não, não vejo qualquer motivo para ambicionar este futuro, preocupa-me sobremaneira que o meu país esteja tão obcecado com as contas que ignora os pilares mais elementares de uma qualquer sociedade dita moderna, a Saúde e a Educação.

Pergunto-me às vezes como é que alguns senhores conseguem dormir à noite…

Alexandre Henriques

Procura-se: 10.000 professores por ano para as escola suíças

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here