Home Escola A (não) reação do Secretário de Estado ao estudo ComRegras

A (não) reação do Secretário de Estado ao estudo ComRegras

97
1

sem expressãoO Secretário de Estado João Costa pronunciou-se hoje sobre a indisciplina escolar e tenho que concordar com ele quando afirmou que não é apenas a redução do número de alunos por turma que vai resolver os problemas de indisciplina. No entanto, fiquei com a nítida sensação que o Ministério de Educação está claramente numa fase de análise e que ainda não sabe muito bem o que fazer neste campo. O insucesso escolar é uma prioridade, mas se ignorarem as questões disciplinares é como esquecer o melhor jogador da equipa adversária, isto numa linguagem futebolística.

Afirmar que as escolas devem ser autónomas e que existem bons exemplos é uma constatação que todos fazem/sabemos mas que diz muito pouco do que se pretende fazer.

Sobre estas frases feitas estamos nós fartos, o atual Ministro está a atravessar a fase do benefício da dúvida, mas se não apresentar medidas concretas e eficazes, será apenas mais um que será engolido por metas, metinhas, currículos, aferições e afins…

Lembro-me bem de Nuno Crato e dos seus contratos de autonomia que mais não foram que Soundbytes de abertura de jornal. Quando na minha escola quisemos implementar um projeto que visava cobrir toda a mancha horária para quando os alunos tivessem ordem de saída fossem atendidos por um professor, a resposta da tutela foi algo como “Excelente, mas usem os recursos que têm na escola”.

Obrigadinho…

Esta política do faz de conta até é boa se a educação fosse um concurso do empreendedorismo, mas a realidade é que cria uma clara diferenciação entre as escolas, pois aquelas que têm um corpo docente mais antigo com redução letiva, ou aquelas que têm muitos professores e por isso muitas horas de componente de estabelecimento, podem facilmente implementar projetos sem gastar o tão precioso e escasso crédito horário. Os outros? Os outros que se desenrasquem e se criarem o mesmo gabinete com professores a trabalhar em regime de voluntariado, a tutela agradece, mesmo que nunca tenha agradecido…

1 COMMENT

  1. Pois, quando tem conteúdo e dá que pensar…..não tem resposta……é como tanto, em tanta da nossa Comunicação Social….são estes tempos……..

    Só o que está a dar e com não conteúdo……..genericamente é notícia………

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here