Home Rubricas A Maior Contradição Desta Equipa Na Educação.

A Maior Contradição Desta Equipa Na Educação.

387
6

A maior contradição desta equipa educativa é sem dúvida a publicação do perfil do aluno e a manutenção dos exames nacionais. O perfil do aluno traça uma série de competências que o aluno no final do secundário pode alcançar de acordo com o seu perfil, algumas delas não são compatíveis com exames nacionais normalizados para todos os alunos.

Quando o perfil do aluno foi publicado pensei que uma nova era se abria para o ensino não superior que se iria emancipar do ensino superior, nomeadamente aparecendo com metas próprias autonomizadas, que estavam no perfil do aluno. Mas rapidamente constatamos que os exames eram para manter, continuando o ensino secundário a ser muleta do ensino superior e desempenhando a tarefa de selecionar os alunos para as universidades. Portanto, o perfil do aluno era somente uma ilusão ou uma intenção.

Com a pandemia e com a implementação do ensino à distância julguei ver mais uma oportunidade de os exames perderem o peso que têm no ensino secundário, em que nas disciplinas com exame final se orienta muito o ensino para a realização do mesmo, o mesmo é dizer que a filosofia consentânea com o perfil do aluno fica desvalorizada a favor de uma prova final. Apesar de nos tentarem fazer acreditar que este regresso às aulas tem outros objetivos, como ensaiar o funcionamento das escolas para setembro, a verdade é que na prática pretende-se preparar os alunos para os exames finais. Uma escola decidiu mesmo que numa das aulas presenciais se resolveriam exames de anos anteriores.

Não se compreende, pois, o charme do ministro da educação que se tem desdobrado em entrevistas, por ter sido um herói que promoveu o regresso à «normalidade» de aulas presenciais, quando não lutou para proteger alunos, professores e funcionários com testes – veja o caso de Vila Real com um infetado numa escola, em testes promovidos pela autarquia ou que se passou em França, com escolas com regresso às aulas e casos de covid. Não se compreende que pareça orgulhoso de promover o regresso à escola para que os exames se realizem, quando promoveu uma reforma educativa com o perfil do aluno que agora deixa cair.

Com tanta contradição só resta à equipa o estilo impositivo e paternalista «das orientações para o ensino à distância» mimetizando os manuais disto e daquilo para totós.

Concluindo, o ministério da educação continua a não proteger os seus tutelados, claro que o risco zero não existe, mas é possível minimizar riscos, e continua a navegar no meio de propostas contraditórias, perfil do aluno versus exames, ao sabor das conveniências políticas, não numa lógica coerente mas de se manter no poder.

Rui Ferreira

 

6 COMMENTS

  1. Se calhar a maior contradição estaleja entre as conceções idealizadas pelo mundo da educação, adotado acriticamente pelos políticos, e a realidade.

  2. O perfil do aluno foi dado como da lavra de uma alma, quando 90% do seu conteúdo (creio estar a ser generoso para a tutela) consta de 2 documentos da OCDE. As imagens são as mesmas, apenas traduzidas. Podiam disfarçar e dar-lhes outro smart art. Nem isso.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here