Home Notícias A formação dos professores deve ser alterada?

A formação dos professores deve ser alterada?

1346
2

David Justino, o provável Ministro da Educação de um provável futuro Governo de direita, participou na Universidade de Verão do PSD e digamos que tocou numa série de nervos que já levaram à escrita de muitas e muitas linhas…

Eis algumas das frases proferidas e respetivo comentário…

 “o melhor investimento na educação, é o investimento nos professores

Seguramente. Aliás, David Justino afirmou no passado recente que 9 anos, 4 meses e 2 dias merecem ser devolvidos, porque – e este porque é muito importante – foi prometido pelo atual Governo. Se calhar podia acrescentar que não é apenas pela promessa, mas por ser de elementar justiça.

 “25% dos professores são excecionais, 60% dos professores são bons e 15% dos professores nunca deviam ter entrado”

Eu não sei se estes números têm algum valor cientifico, mas acredito que não andem muito longe da realidade. Não sou dos que dizem que não existem maus professores, existem, já lidei com eles, mas a grande maioria tem efetiva qualidade e merece o devido reconhecimento.

permitir que apenas os melhores possam entrar no sistema de ensino

Duas ideias essenciais no acesso à docência. A primeira que deve haver uma diminuição do número de candidatos nas áreas curriculares excedentárias, reduzindo o número de vagas nas Universidades. A segunda é direcionar a formação dos professores para a realidade, nomeadamente:

  • formação legislativa (mas para isso é preciso dar estabilidade legislativa às escolas).
  • formação em gestão e mediação de conflitos.
  • formação prática de 1 ou 2 anos, com supervisão de aulas por parte de outros professores.
  • formação em primeiros socorros e meio a brincar meio a sério, formação em defesa pessoal.
  • formação em trabalho cooperativo entre pares – aulas interdisciplinares.
  • formação em diferentes metodologias de ensino e respetiva avaliação.

“a qualidade do ensino e da aprendizagem está fortemente dependente da qualidade dos professores”

E dos alunos, dos encarregados de educação, dos assistentes operacionais e das condições de trabalho…

o investimento em educação não se mede com números

Vá dizer isso ao Ministro das Finanças…

“não é por ter mais despesa que a educação é melhor”, já que “nem toda a despesa é investimento”

É a mesma coisa que dizer que ninguém é feliz com dinheiro, mas que ajuda muito ajuda…

“Chega um ministro e muda as coisas completamente. Esta instabilidade gera desmotivação em quem já está lá [os professores], às vezes, de má vontade.”

Quando a Direita voltar ao poder lembre-se desta frase.

E já agora, faça o mesmo tipo de raciocínio para os Ministros da Educação. Se calhar valeria a pena começar por aí…

Alexandre Henriques

David Justino diz que “15% dos professores nunca deviam ter entrado” numa sala de aula

2 COMMENTS

  1. Eu concordo com o amigo Davidocas.
    Alias eu até acho que 92% dos políticos nunca deviam ter entrado na politica e que 95% dos professores da Univ. Nova de Lisboa também nunca deveriam ter lá entrado.

    Enfim é assim em todo o lado…

  2. Apesar de tudo, concordo que há muitos professores que o não deveriam ser. Em todas as profissões, há ótimos, bons, menos bons e maus… a nossa não foge à regra.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here