Início Rubricas A Escola Não Tem Culpa

A Escola Não Tem Culpa

250
0

«Os tempos que atravessamos, prenhos de desorientação, falta de objetivos concretos, futuros amedrontados, onde a competitividade se sobrepõe à solidariedade, à coesão social e onde as desigualdades estão na ordem do dia. Que podemos esperar senão, agressividade, sentimentos de apatia ou fenómenos desviantes de patologias psicológicas?
O problema é que esta realidade, tantas vezes branqueada é muito mais grave do que aparenta, mas não é inédita na história da evolução Humana.
Há momentos e períodos de evolução civilacional, mas momentos de decadência material e existencial. E receio que estamos a iniciar e em força um período de queda de valores e de desorientação.

Ora, o que é que este fenómeno cíclico tem a ver com a Escola?

Pouco ou mesmo nada. A escola limita-se a levar com esta decadência ética. Em resumo, estamos tramados. Todos.

Professores, pais e a sociedade em geral. A desorientação é muito profunda e grave e temo, imparável.
Não estamos a agir para a inverter a situação é um verdadeiro comboio sem travões e que nada o poderá fazer parar e mudar a agulheta, o mesmo é dizer de rumo.
O poder político vive do imediato e da prevalência no Poder, limitando-se em tapar buracos para evitar a ruptura social. A imagem da corrupção transmite aos cidadãos uma desconfiança legítima. E o que sobra é a descrença e um futuro NUBLADO . Não sabemos para onde vamos e já nem sabemos ao certo aquilo que queremos, a não ser sobreviver em cada dia. Ora, que coragem, determinação ou convicção pode dar um quadro social tão cinzento?
Posto isto, que pode a Escola, com professores emocionalmente estafados, com alunos vítimas deste cenário ou com pais sem determinação pelas razões que apontei?

Neste contexto tão complexo e na qualidade de professor e mesmo de cidadão que soluções miraculosas posso ter eu ou os meus colegas?

Ajudem-me e ajudem-nos, os pensadores, orientem-nos os sonhadores. Mostrem-nos a Luz e o caminho se forem capazes e sentirem-se seguros desse mesmo miraculoso caminho.
Afinal que culpa tem a escola e os seus professores, tão mal tratados deste caos. NADA!!!
Acho até serem dos poucos pilares que ainda seguram com pinças (qual bomba relógio) todo este mal estar e desorientação. E mesmo difamados aguentamos estoicamente o CAOS.»

Texto do colega João Viegas

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here