Home Rubricas A Escola De Hoje É Incompetente?

A Escola De Hoje É Incompetente?

679
0

«AS ESCOLAS SÃO INCOMPETENTES? OU AS ESCOLAS DUM PAÍS INCOMPETENTE?

Num país onde o semi analfabetismo adulto anda por aí aos “magotes” a “Escola de Hoje” é “presa por ter cão e por não ter”. Se o aluno reprova “aqui del Rei” se a escola é muito exigente os meninos ficam traumatizados . Se o professor brinca q.b. com os alunos para que crie empatia, “só” brinca” se é sisudo e trabalhador “é um tirano” que assusta as crianças, se o aluno “passa” é o facilitismo que reina nas escolas. Se faz conversão temporal de textos, os ignorantes progenitores, acreditando nos meninos o professor ‘só’ faz cópias. Enfim, falharam na escola e devem querer que os seus filhos sigam os seus fracassados passos. Felizmente que ainda temos pais, regra geral mais escolarizados que sabem e acreditam nos esforços diários do que é ser professor nos dias de hoje.

Pergunto-me e pergunto directamente aos encarregados de educação se o fundamental é passar o ano ou que o “seu” aluno adquira conhecimentos? Se “reprova” perguntam pelos testes, como se meia dúzia de testes anuais fizessem deste um bom ou mau aluno e pessoa e cidadão. Como se a formação dos jovens não tivesse que passar por uma série de parâmetros na sua dimensão social, disciplinar, hábitos de trabalhos, solidez nos conhecimentos e um largo e infindável etc., para a sua formação mais tarde como Homens e Mulheres “a sério”.

O “sistema”: uns dias fala em rigor e no dia seguinte fala em escola lúdica e social em resumo, andam mais loucos que uma bússola avariada. Querendo que os seus professores arrastem-se a trabalhar até à tumba.

Nem o próprio Ministério da Educação sabe bem (nem mal) o que quer e pelas pseudo-reformas que vai fazendo em avulso, aos saltos e desconexas, bem se vê que o que desejam reduz-se a confusão, toneladas de papel que ainda estamos para saber qual a sua utilidade para além de matar milhares de árvores e pedem para que digamos aos alunos para que não se destrua a Natureza gastando fortunas em tempos que “dizem” de crise energética.

Alunos que não estudaram mas sim foram à escola conviver,têm mais oportunidades de “progredir” nos “estudos” do que um condenado à morte e muitos, para não dizer a esmagadora maioria não aproveita a oportunidade (sim!!! sou politicamente incorreto com muito gosto).

Enfim, não há dúvida que as escolas estão como o país. Com falta de um rumo claro. Que assim nem daqui a mil anos seremos um país desenvolvido e por cá andaremos, meio a “tentarmos” ser sérios meio “a fazer de conta”; MISÉRIA DE PAÍS….do qual, começo a estar farto de tanta incompetência.»

Texto do colega João Viegas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here