Home Escola A conferência que já devia ter sido. (Atualizado)

A conferência que já devia ter sido. (Atualizado)

102
7

Retrato_oficial_Tiago_Brandão_RodriguesTiago Rodrigues deu a sua primeira conferência de imprensa, algo que era previsível tendo em conta as críticas recentes que o Ministro sofreu, em virtude de não ter ouvido diferentes entidades educativas como Diretores, Pais, CNE e afins. Além disso, a forma utilizada para comunicar mudanças significativas, ficou um pouco aquém do esperado.

Não vi a conferência, vi apenas excertos, mas li o que está escrito no Observador e que deixo o respetivo link. Na globalidade tenho de concordar com o que o Ministro disse. Sim, a questão das provas de aferição em anos intermédios deixam-me algumas dúvidas, bem como a respetiva prova logo no 2º ano. Mas afirmações como:

“Este modelo não estava apenas errado, era sobretudo nocivo”

“Estudos nacionais e internacionais que comprovam que os exames são nocivos em idades mais precoces”

“Não há nenhum ímpeto reformista, há uma vontade forte de corrigir os erros”

“Ninguém tem de se preparar para as provas de aferição, não tem de haver treino”

“Cultura da nota”

“Havia um centralismo em duas disciplinas”

” O exame do 9º ano mantém-se por se tratar do final do ensino básico”

“A escola merece tranquilidade e estabilidade”

“Os professores foram muito resilientes”

Colhem o meu agrado e certamente de muitos professores.

Para aqueles que afirmam que este é o caminho para o facilitismo, devem lembrar-se que quando fizeram a escola não tinham exames nem provas de aferição. Foi mais fácil?

Tiago Brandão Rodrigues: “Este modelo não estava apenas errado, era nocivo”

E Mário Nogueira aplaude…

Fazer a diferença

Este é o caminho certo que, ao contrário do que fez a direita, exige investimento e uma Educação de qualidade para todos numa Escola Pública democrática.

7 COMMENTS

  1. declaração de interesses:
    sempre fiz exames em todos os anos terminais de ‘ciclo’ a saber: exame da 4ªa classe e de admissão ao liceu na escola primária de sintra, no 2º ano no liceu de braga, no 5º ano no liceu general norton de matos (angola), no 7º ano no liceu camões e, para melhoria de notas a algumas disciplinas, no ano seguinte no liceu de sintra;
    na faculdade fiz exames a muitas disciplinas… etc.

    estou um pouco na linha do que o paulo guinote tem escrito, mas sou mais ‘radical, em algumas questões…

    se as declarações transcritas do ministro são aceitáveis para a maioria dos professores, não o são para o ‘sistema’ e, muito menos para [a formação d]os alunos:

    … é um absurdo tal como seria se os alunos não estudassem para os testes;

    … é um absurdo a partir do momento em que se classifica quantitativamente os alunos;

    <o exame do 9º mantém-se…?… com o argumento aduzido então porque é que não existe para todas as disciplinas?;

    nota final – isto lido lido e escrito há poucos minutos no feedly e pareceu-me que devia, desde logo, escrever alguma coisa, para já…

    afinal queremos instruir, educar e formar alunos cidadãos cultos ou queremos resultados para e no sistema…?

    • Eu só fiz exame no secundário, por isso opinei baseando-me na minha própria situação e de muitos como eu. A minha posição é simples. Concordo com exames de fim de ciclo (básico) e secundário. Melhor, não discordo… É algo que aceito porque compreendo a argumentação. Aferições e exames em ciclos intermédios, podem cair que para mim não fazem falta nenhuma.

  2. Só acho que é incoerente os alunos transitarem obrigatoriamente para o 2o ano. Alguns deles com graves problemas de aprendizagem e agora é-lhes apresentada uma Prova Aferida que se calhar nem conseguem ler. Para além disto preocupa-me a imaturidade de alguns alunos…

  3. “Estudos nacionais e internacionais que comprovam que os exames são nocivos em idades mais precoces”
    Que estudos? Os estudos demonstraram que as provas de aferição são inúteis.

    E o parecer do CNE, em sentido oposto ao tomado?

    Concorda?
    Pois olhe que isto é apenas ideológico e não tem qualquer fundamentação cientifica.

    Já agora: Eu fiz exame da 4.ª classe, exame de admissão ao liceu, exame do 2.º ano, exame do 5.º ano, exame do 7.º ano e exame de aptidão à universidade !

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here