Home Rubricas 20 razões que me levaram a assinar a ILC

20 razões que me levaram a assinar a ILC

1234
5

– Eu não sou saco de pancada. Está mais do que na hora de mudarmos de atitude.

– Eu provavelmente não preciso, mas como posso pactuar com a injustiça relativamente a outros tantos colegas? – Todos nós já passamos por injustiças, não resolve nada continuarmos a chorar sobre o leite derramado.

– Estou cansada que permitamos que nos dividam, enfraqueçam e fragilizem.

– Tem de acabar esta mentalidade instituída de professor QE/QA/QZP, Contratado. Somos todos professores.

– Não sou licenciada em direito, mas pertenço a uma classe instruída e sei interpretar o que leio: o artigo 19º da Lei do Orçamento é para inglês ver, a Resolução da Assembleia da República n.º 1/2018 serviu para acalmar os ânimos e a proposta posterior de dois anos e uns trocos, é indecorosa.

– Não aceito que usurpem o meu trabalho! Tenho servido para subsidiar a imoralidade, a corrupção e o enriquecimento ilícito de alguns, e após me ter sacrificado durante esta última década, não posso conceber que me estejam a oferecer uma esmola repartida no tempo.

– Não usufrui de nenhum perdão fiscal, nem sou acionista de nenhuma grande empresa.

– Não sou, nem nunca fui deputada, não tenho direito a reforma vitalícia, a despesas de representação e outras mordomias.

– Nunca me pagaram um cêntimo para estar em reuniões, em eventos, visitas de estudo, apresentações de projetos (…) fora do meu horário de trabalho.

– Pago os meus impostos e ainda pago muito do meu material para trabalhar.

– A minha dignidade e valorização profissional não andam ao sabor de agendas políticas!

– O meu voto não é moeda de troca para migalhas em campanha de legislativas.

– Estou cansada de ser manipulada, do desrespeito do ME e dos sucessivos governos.

– Não tenho medo de ninguém, mas tenho medo de um dia só aguentar trabalhar medicada, de andar a arrastar-me pela escola, de ser enxovalhada ou agredida porque não terei a mesma força de agora.

– Espero que o legado às gerações seguintes não seja uma profissão reduzida à insignificância e ao desprezo coletivo.

– Não decorei meia dúzia de conteúdos, que os meus alunos podem aprender sozinhos no Google. Faço parte de uma classe inteligente, capaz, resiliente.

– Muitos de nós podemos estudar e trabalhar graças ao sacrifício de quem nos educou e formou.

– Respeito o trabalho de quem nos representa, mas não me demito de exercer o meu papel de cidadão e de lutar por mim.

– Não estou à espera que lutem por mim, não me conformo, não assobio para o lado, não permito que me digam o que devo ou não pensar e fazer.

– Sinto orgulho deste ato de cidadania coletivo inesperado, e indesejado por quem nos governa, mas que demonstra, de forma inequívoca, porque somos um modelo para tantas crianças e jovens que educamos. Eu subscrevo e assinei a ILC. E tu?

Cassilda Coimbra

Iniciativa Legislativa de Cidadãos para Recuperar Todo o Tempo de Serviço Docente

5 COMMENTS

  1. Eu também já assinei e é a minha última esperança: 28 anos de ensino, 4.º escalão com mudança prevista apenas para dezembro de 2021!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here