Home Rubricas 1.º Presidente da República Portuguesa

1.º Presidente da República Portuguesa

94
0

Ontem…

Hoje, elege-se pela vigésima vez, em Portugal, o Presidente da República.
Em 1911, Manuel José de Arriaga Brum da Silveira e Peyrelongue foi eleito, mas não pela vontade popular e sim pelo Congresso, que também o podia demitir.
Manuel de Arriaga (1840-1917) era natural dos Açores, Horta.
Manuel de Arriaga veio para o continente para se formar em Direito, na faculdade de Coimbra e aí, tornou-se simpatizante das ideias republicanas.
Na cidade dos estudantes, e logo nos primeiros anos de vida académica, destacou-se como orador que fundamentava muito bem os seus argumentos e era professor de inglês (abraçou a docência, pois o seu pai deserdou-o ao ter conhecimento das suas ideias políticas). Depois de terminado o curso, dirigiu-se a Lisboa onde se estabeleceu como advogado. Grande casuísta, dotado de honestidade e de saber, ganhou clientela e tornou-se um dos advogados mais brilhantes da capital. A par da advocacia, lecionava inglês, discursava em clubes e associações democráticas e em atos públicos. Após o 5 de outubro de 1910, foi reitor da Universidade de Coimbra, estando filiado no Partido Republicano e fazendo parte do seu diretório. Depois de proclamada a República, foi Procurador da República e, em agosto de 1911, por proposta do Partido Evolucionista, foi eleito com 121 votos. Nos quatro anos à frente desse cargo, viu serem formados seis governos e iniciar-se a I Guerra Mundial. Com o conflito internacional, agudiza-se o diferendo entre as forças políticas nacionais, que leva ao encerramento do Parlamento, e a amnistia dada a Paiva Couceiro (monárquico), à revolta. Manuel de Arriaga é obrigado a demitir-se. Escoltado pela Guarda Nacional, deixa o Palácio de Belém. Morreu dois anos depois. Deixou vasta obra filosófica e poética.

____
http://www.arqnet.pt/dicionario/arriagamanuel.html
http://www.presidencia.pt/?idc=13&idi=38

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here