Início Escola Resultados da Sondagem | Professores querem fazer uma manifestação

Resultados da Sondagem | Professores querem fazer uma manifestação

659
4

Depois do tiro certeiro do tribunal arbitral à greve dos professores, a rua parece-me cada vez mais um imperativo…

Os resultados da sondagem realizada em parceria com o blog DeAr Lindo, ficam à consideração dos sindicatos de professores.

 

 

COMPARTILHE

4 COMENTÁRIOS

  1. Seria possível organizarmo-nos à margem dos sindicatos?
    Poderia o Stop avançar rapidamente?
    Com uma imprensa vendida e tantos comentadeiros a confundir a sociedade, acredito que valeria a pena mostrarmos a nossa indignação. Proponho uma manifestação silenciosa/amordaçada e toda de negro/luto.

  2. A manifestação é agora incontornável, mas tem de ser muito comparticipada. Neste braço de ferro tem que vencer a verdade e a razão. O Ministério da Educação está equivocado, ainda não percebeu que a sociologia dos professores mudou, já não somos senhoras de cabelo armado, que em vez de jogar canasta, vão dar aulas para ganhar para os seus alfinetes e a quem parece mal fazer greve porque não condiz com a sua imagem de classe. Temos consciência de que somos abusados, somos 3 em 1: Professores, Técnicos de Secretariado e Animadores Socioculturais; trabalhamos como executivos, com horário ilimitado e por tarefa, temos salários de funcionários administrativos, nenhum respeito da tutela, nem reconhecimento social. A manifestação é apenas uma resposta para recolocar a nossa posição, mas temos que avançar com outras formas de luta.
    Não se surpreendam com a forma como somos atacados e cerceados. É assim o Direito administrativo, assim atua o exército de advogados a que o ME recorre com o nosso dinheiro, é assim que a tutela está habituada a tratar os professores, só temos deveres a que não podemos faltar sob pena de enquadramento disciplinar, mas não temos direitos, quando não há fuga possível ao reconhecimento dos nossos direitos, então não temos acesso a eles, de tal forma ficam deliberadamente emaranhados no palácio das leis. O ME conta ter como vantagem o facto de sermos um grupo profissional heterogéneo e por isso um corpo difícil de mobilizar. Precisa-se de criatividade para novas formas de luta e muita resilência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here