Início Rubricas Primeiro Ciclo | Férias Escolares

Primeiro Ciclo | Férias Escolares

265
0

Debater Escola PúblicaOs filhos de pais separados com poder económico, em geral proporcionam aos filhos dois períodos de férias, umas com o pai e outras com a mãe, por isso alguns pais divorciados aguardam ansiosamente pelo verão.

Alguns progenitores contudo preferem os campos de férias dispendiosos à partilha das férias com a presença dos filhos.

No segundo caso, estão os pais que sem poder económico e com necessidade de trabalhar no verão. Esses entregam os filhos a um ATL, a uma ama, ou a familiares próximos, não podendo proporcionar aos seus filhos as férias esperadas.

As figuras femininas são quase sempre o apoio dos pais divorciados, sejam avós, tias, novas namoradas ou mulheres. São elas que suavizam a falta da mãe, mesmo quando se trata de “super pais”, dos que mudaram as fraldas.

Apesar de ainda a norma serem as mães que em geral ficam com os filhos, o poder paternal está a ficar cada vez mais vulgar.

Até aos 8/9 anos de idade, as crianças tem mais dificuldade em afastar-se das mães. Surgem os conflitos de lealdade e, por vezes, umas férias estragadas.

As dificuldades de aprendizagem resultantes destes conflitos são muito comuns e compete aos pais tornarem a criança feliz, apesar do contexto desfavorável. 

A separação parental não é necessariamente desastrosa. Para a criança ela é uma ferida que tem de cicatrizar. As férias podem ser um momento que ajuda. A vivência de mais que um fim-de-semana, pode cimentar a aceitação de uma segunda família e são estas as vantagens de umas férias a dobrar.

Em geral, valoriza-se demasiado o saber académico, o saber escolar que por vezes não é sustentado com a vivência normal, nas férias e fora da escola. Uma criança que viaja nas férias e vê outras cidades, outros países, tem vantagem sobre as que raramente podem sair do sítio onde nasceram.

A reunião familiar nas férias, com atividades culturais e desportivas, pode ter uma influência decisiva na educação de uma criança, proporcionando mesmo momentos inesquecíveis.

Pelo contrário, os alunos que não podem ter esses momentos, ficam revoltados com a extensão da escola em ATL, e em regra sofrem de problemas de autoestima.  

A leitura a escrita e as expressões plástica e desportiva, pode ser uma forma interessante de ultrapassar a dificuldade de usufruírem de umas férias ideais, contudo cada vez mais as crianças preferem a televisão, os jogos de consola, comer dormir, ir à praia ou piscina, a ler um livro a desenhar ou a praticar desporto regularmente.

Duilio Coelho

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here