Início Rubricas Portugal Tem Uma Escola Refém Da Sociedade Laboral

Portugal Tem Uma Escola Refém Da Sociedade Laboral

5537
7

Sabem quantas crianças recebo em consulta que me mostram claramente que a infância lhes está a ser roubada?

Sabem quantas crianças passam o dia todo na escola para às 17h ou 18h irem para o centro de estudos fazer… os trabalhos da escola, diários, e de várias disciplinas?

Sabem que chegam a casa às 19h ou 20h, tomam banho, comem e vão dormir depois de terem no máximo uma meia hora para poderem jogar um bocadinho no tablet e que é esse o único momento de relaxamento e prazer que têm?

Sabem que os pais não têm culpa, sentem-se impotentes porque sabem que a infância dos filhos lhes está a fugir mas ficam entre a espada e a parede porque o sistema escolar é este e porque saem do trabalho a horas indecentes e não têm forma de mudar isso ou até têm mas não sabem como?

Sabem que os professores não têm culpa porque estão metidos numa engrenagem que não conseguem travar porque ou tramas-te ou juntas-te a eles? Sabem que está tudo mas absolutamente tudo errado nesta porra e que não há maneira disto mudar? Sabem? Então digam-me, o que fazemos?

É que hoje, perante lágrimas de crianças que surgem do que é uma óbvia falta de brincar e de serem adultos em miniatura, estou revoltada e impotente. Prevejo um aumento de perturbações depressivas e de ansiedade na infância assustador e há dias que não sei o que fazer. Em que vejo um mostro à minha frente e pergunto-me como é que iremos fazer para mudar.

Hoje é isto.

Ana Rita Dias, Mulher, Mãe, Psicóloga, Activista pela Educação

COMPARTILHE

7 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de muito aplaudida, sempre fui contra a escola a tempo inteiro. Disse-o, deixei- em atas e repito-o todos anos. Os alunos estão farto e alguns (muitos?) professores também. Penso que os pais e os sindicatos não fizeram o suficiente. De uma forma geral a medida foi aplaudida por se achar que a escola deveria desempenhar esta função social. Claro, era mais fácil do que mudar as regras de trabalho, como se muitas horas fossem sinónimo de produtividade.
    Mas agora que as consequências começam a ser evidentes, seria muito bom que todos começassem a reclamar o fim deste modelo de escola e de trabalho.
    Haverá coragem para tanto?

  2. Tretas!!!
    Sabem que muitos pais continuam a levar os filhos ao berçário, creche e jardins de infância mesmo quando estão em casa de férias?
    Sabem que muitos, muitos pais até saem dos trabalhos às 17h mas só vão buscar os filhos ao ATL às 19 ou 20h?
    Sabem que muitos dos pais de hoje só não “despejam” os filhos na casa da avó e vão passear se não puderem?
    É verdade que nós temos horários de trabalho relativamente grandes, quando comparados com outros países mas, ainda assim, essa não é a razão principal para as crianças passarem tanto tempo nos ATL das “escolas”.
    A razão principal é mesmo a postura dos pais, muitos do pais de hoje nunca o deveriam ser, querem ter filhos mas não querem ter trabalho, não querem stressar. Sim! Educar uma criança gera algum stress porque é necessário dizer NÃO algumas vezes, é necessário corrigir muitas vezes, é necessário chamar à atenção outras tantas, etc. e muitos paizinhos não estão para stressar!

  3. Pelo contrário, é fácil de resolver. só é necessário haver bom senso. A estrutura da educação está possuída por gente quadrada, incapaz de pensar fora da caixa e acérrima defensora dos seus lugares. Portugal está refém de 48 de obscurantismo+ 45 anos de facilitismo. É o país mais antigo da Europa, já foi modelo para o mundo em muitas situações, está na altura de voltar a ser uma referência, está a precisar de uma revolução cultural, aquela que o 25 de abril ainda não imaginou fazer. Para já, as crianças não votam, mas as crianças que estão a ser vítimas deste sistema, podem, com conhecimento de causa, trazer o vento da mudança.

  4. Tenho aluno/as que se levantam às 06:45h , são transportadas de taxi
    à paragem do autocarro , esperam …. apanham o autocarro para chegarem à escola às 07:45h.
    As aulas comecam às 08:15h.
    E o fim do dia ainda está muito longe🤔🤔

  5. Temos uma sociedade doente e que adoece as crianças. O problema não é ficar na escola o tempo inteiro e sim o que é feito nesse tempo. Será que a escola está preparada? Temos pais e mães sem a menor aptidão para serem gestores de uma família. Temos empresas que não têm a menor preocupação com a vida em família onde a única preocupação é o lucro? E como tudo nesse mundo, as coisas só serão modificadas quando o dinheiro gasto para tratar essa sociedade doente pesar no bolso das empresas e do estado. Simples assim.

  6. Concordo plenamente com a Cidália. Às 5 da tarde as crianças saem da escola. Ou o pai ou a mãe devem ir buscar. Quando muito ficam no Atl até os pais chegarem… Mas tantos e tantos deixam os filhos no Atl sem necessidade “já que pago”.

  7. Concordo com a Cidália. Não podemos esquecer que perdemos também uma coisa muito importante na nossa sociedade”o apoio familiar “. Eu, como muitos da minha geração,ficávamos com os avós para os pais poderem ir trabalhar e o horário escolar também era diferente, pelo menos na primária, havia aulas só no período da manhã ou então só no período da tarde. Como tive a sorte de crescer na aldeia para além dos meus avós haviam ainda os avós do coração “vizinhos” e tínhamos sempre quem nos ensina-se alguma coisa, nem que fossem os valores que faltam à muitas das nossas crianças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here