Início Escola O que não pode sair da reunião de hoje

O que não pode sair da reunião de hoje

2559
8
COMPARTILHE

Enquanto a reunião decorre entre os sindicatos e o Ministério da Educação, os cenários vão surgindo e cada um de nós estabeleceu linhas vermelhas que representam os mínimos indispensáveis para que se viabilize um acordo e termine uma greve que já dura há 6 semanas.

A minha linha vermelha é uma proposta concreta, claramente superior aos 2 anos, 9 meses e não sei quantos dias e que abra a porta a uma negociação futura. Mas como o Ministério da Educação já deu sinais de que não quer ultrapassar a proposta insultuosa que apresentou, temo que a reunião de hoje não passe de um conjunto de intenções…

Não aceito, e espero que a plataforma sindical não se “venda” por uma mão cheia de intenções, negociações, estudos, ou outra coisa qualquer que prolongue ad aeternum a devolução daquilo que é nosso.

Se assim acontecer, questionarei a lealdade dos sindicatos e a competência do seu trabalho.

Estamos numa fase em que tudo se sabe, as cartas estão em cima da mesa e não é preciso falar muito mais, é preciso sim abrir os cordões à bolsa e pagarem o que nos devem.

Chega de demagogias com conversas da treta como as IP3 e afins, é preciso dar um passo concreto que valorize os professores e evitem compromissos que nunca foram cumpridos. É que infelizmente, este Ministério da Educação já provou que a sua palavra vale muito pouco…

O tempo de serviço é nosso, o dinheiro é nosso, paguem o que nos devem!

Alexandre Henriques

COMPARTILHE

8 COMENTÁRIOS

  1. Concordo, mas acho o que temos mesmo é: uma mão cheia de intenções, negociações, estudos, ou outra coisa qualquer que prolongue ad aeternum a devolução daquilo que é nosso.

  2. Nunca na Educação uma greve teve consequências positivas para os professores.
    Nunca.

    Tribunais e ilc’s demorem o tempo que demorarem têm mais efeitos.

    • Isso não é verdade, Helga. O contrário é que corresponde aos factos. Quem não luta, já perdeu antes de começar. Agora que luta já está a caminho de conseguir. Deixar de lutar é deixar de sonhar e o sonho é que comanda a vida.

      • Não é verdade?
        Dou aulas ha 30 anos.
        Diz-me qual foi a greve no ramo da EDUCAÇÃO que teve consequências praticas? Diz-me so uma.

  3. O STOP CONVOCOU GREVE ATÉ AO FIM DO MÊS. Como A MONTANHA PARIU UM RATO…
    Talvez os Sindicatos da Plataforma ainda venham a ter muito trabalho a defender os docentes que venham a fazer Greve, sobretudo os das Escolas Profissionais Públicas. Na minha ainda nem foram marcadas as reuniões dos c. de TURMA…
    nÃO FIQUEI CONTENTE COM OS RESULTADOS DA REUNIÃO DE HOJE, PORTANTO, ATÉ AO FIM DO MÈS – NÃO SÓ ATÉ AO DIA 13 – MUITAS REUNIÕES PODERÃO NÃO SE REALIZAR…

  4. os cordões da bolsa já foram abertos para os bancos, as rendas da energia, as PPP, e todas as manigâncias para sacar dinheiro do OE…e agora dizem que a bolsa está vazia para pagar o trabalho porque o que ainda sobra é para os mesmos destinos…

  5. Boas, boas, boas, são mesmo as
    boas novas da Teresa Girona , vão da pontinha da greve, até às bordas…
    meu deus, só deus sabe até onde podem ir estas boas novas da greve, mas mesmo boas novas é que a coisa vai ser retomada em setembro, na mesa das negociações, já sem o cretino do Tiago Brandão Rodrigues, substituído, depois das negas da Edite Estrela e do João Galamba, por um técnico de linguística, João Costa, e, pasmem, gentios, que pensavam que o Mário Nogueira se estava a fazer ao cargo, não estava, estava apenas à espera de que o Arménio se reformasse, para se enfiar no lugar dele, assim eternizando, bem a tempo da Festa do “Avante”, o veneno do PCP, na CGTP 🙂

    http://thebraganza.blogspot.com/2018/07/boas-boas-boas-sao-mesmo-as-boas-novas.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here