Início Rubricas Não havia necessidade Sr. Diretor

Não havia necessidade Sr. Diretor

3481
11
COMPARTILHE

Segundo o Blogue DeAr Lindo seguido do JN, o diretor de uma Escola na Nazaré, João Magueta, enviou aos professores o texto seguinte:

“Faço votos para que com a mesma disposição/dedicação que considerou ter direito a horas extraordinárias aquando das reuniões de avaliação intercalar, considere também agora o dever de cumprir o seu horário semanal nestes dias de interrupção letiva”.

Por acasos do destino não trabalho na Nazaré, no entanto não posso deixar de enviar ao diretor desta escola os meus sentimentos natalícios:

Caro diretor faço votos que, com a mesma avidez com que deita as unhas ao seu suplemento remuneratório, se prontifique instruir os serviços administrativos para procederem ao pagamento de todas as horas extraordinárias efetuadas pelos professores desde o dia 1 de setembro. Desejo ainda que no próximo ano os professores da sua escola passem a utilizar um cronómetro que será posto a trabalhar sempre que decorrem as aulas mas também quando se corrigem testes até à uma ou duas da madrugada ou se preparam aulas aos sábados e domingos. Sempre que um cronómetro apresentar mais do que 35 horas numa mesma semana deverá Vexa pagar o que é devido. Um próspero ano novo.

Só quem já se esqueceu do que é ser professor não sabe que a interrupção letiva é uma mísera compensação para as horas extraordinárias que os professores são obrigados a fazer desde que o ano letivo começou.

Sr. professor Zé

Imagem retirada do JN via Facebook
COMPARTILHE

11 COMENTÁRIOS

  1. A este sr. Diretor (tão professor como todos os restantes) está a fazer-lhe falta voltar à sala de aula, voltar a ser um verdadeiro professor, de preferência a 300km de casa, para levar um banho de humildade…

    • Será que este miserável alguma vez deu aulas na sua vida. Deve ser um frustrado como o são 70% dos diretores e principalmente dos seus acólitos

  2. Aquela justificação para chamar professores à escola nas pausas lectivas “para alertar consciências e para que a comunidade escolar veja….” não sei o quê é HUGE……….ehhhh……

  3. Este se não é presidente da Assembleia Municipal da Nazaré para lá caminha, qual é o seu objetivo? Talvez nas próximas eleições autárquicas seja o candidato pelos chuchas para câmara da Nazaré como muitos outros.

  4. Joãozinho Joãozinho, que tal fazeres umas ONDAS GIGANTES, sem apoios? Ficavas com a cabeça limpa! Chamar os Profs. para trabalhos na paragem lectiva? Bebe um bom Moscatel Roxo aqui da zona, que isso passa logo!

  5. Também quero argumentar que apenas em Portugal é que se fala em interrupção letiva. Em todos os países europeus as escolas estão de férias. Sim, férias para todos, incluindo os funcionários. Estas férias acontecem durante 12 a 15 dias, em outubro, no Natal, em fevereiro, e na Páscoa, Nós temos que fazer com que os políticos percebam que ou fazemos esta interrupção ou ficamos loucos e metemos atestado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here