Início Notícias ME já respondeu à providência cautelar e professores avançam com providência à...

ME já respondeu à providência cautelar e professores avançam com providência à RR1

4042
2
COMPARTILHE

Os professores de quadro de zona pedagógica, colocados no mobilidade interna, não baixam os braços e já ameaçam com nova providência cautelar, desta vez à reserva de recrutamento nº1. Entretanto, o Ministério de Educação já se justificou perante o tribunal e aguarda a sua decisão. Está mais do que visto que não haverá acordo, ao contrário do que pensa a FENPROF. Não me parece que a recolocação destes professores tenha viabilidade, pois a nível político seria uma porta aberta a grandes ataques da oposição em vésperas de Autárquicas. Já para não falar nos custos para os contribuintes… António Costa é perito em acalmar tempestades, mas não me parece que desta vez terá grandes resultados. É que isto não afeta apenas os professores, afeta principalmente os seus filhos e conjugues, e quando assim é não existe cá meio termo, nem palmadinhas nas costas… Isto ou vai ou racha!

Professores avançam com nova providência cautelar

(Aureliana Gomes – Correio da Manhã)

Ministério já contestou primeira ação na Justiça O Ministério da Educação garantiu ao CM que já entregou a resolução fundamentada para contestar a providência cautelar interposta na semana passada por uma professora. A ação no Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa visava a suspensão da lista de mobilidade interna.

2 COMENTÁRIOS

  1. Uma vergonha estes colegas colocados em QZP. Concorreram para longe para efetivar e estavam à espera de um lugar perto de casa em MI que nunca pode ser garantido. Assumam que arriscaram e que agora devem aceitar as consequências. Qualquer contratado sofre todos os anos injustiças muito maiores e ninguém quer saber .

  2. Sou QZP e sei de antemão que o meu QZP (tal como os outros) é enorme, mas tambem sei que poderei ficar colocada em qualquer lugar da zona abrangida. É triste, sim eu sei, mas já sabia das regras. O que não me parece justo é que outros colegas de outros QZP concorram para o meu. Para que servem então as zonas pedagógicas? Nenhum QZP tem 300 km, então só posso concluir que os colegas descontentes terão sido colocados no seu QZP de origem… o que me parece justo. Agora também é verdade que as zonas pedagógicas são enormes, por isso, para mim a solução seria diminuir as mesmas e os colegas de outros QZPs poderiam concorrer a outros QZPs que não o seu em segunda prioridade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here