Início Família Hoje sou adolescente…a correr!

Hoje sou adolescente…a correr!

150
0
COMPARTILHE

Estou a terminar mais um dia de aulas que pouco ou nada me dizem…calor nas salas, professores monocórdicos, cansados, sempre a correr, powerpoints, leitura de manuais e pergunto aos meus botões – não existem outras formas de dar aulas? Com matérias mais interessantes? Estava desejando ouvir o toque para sair dali antes que adormecesse…(os jogos de computador até às 4h dão cabo de mim)!

Finalmente o tão desejado intervalo…uiii esqueci-me que hoje é dia de música depois da escola! Que seca…mais do mesmo…eu adoro música mas quero praticar…não percebo para quê tanta teoria se a vida é na realidade tão prática…onde vamos aprender a prática? Será que só na Universidade?

Este intervalo passa a voar…nem consigo mandar duas mensagens! Mais 45 minutos e termina por hoje! Mais powerpoints…mais informação que facilmente encontro na internet…o que estou eu a fazer aqui? Acho que o professor nem notava a minha falta…estão todos em modo automático! Se estivermos calados, entram, despejam a matéria e saem para outra aula…também não parecem nada felizes com o que estão a fazer.

Finalmente cheguei a casa. Tchiii a mãe já vem com os azeites pela forma como me chama para jantar. Não consigo perceber porque andam todos sempre a correr! Será que fazem tudo a correr? 

Obrigam-nos quase a correr com eles…e a paciência…completamente em vias de extinção. Os meus pais até parecem os meus professores, tristes, sem paciência, sem tempo para ouvirem as nossas histórias ou se interessarem por algo que descobrimos na internet.

Oiço ao jantar que as coisas no trabalho estão complicadas, prazos, chefes, dinheiro, crise e stress…oiço muito a palavra stress – deve andar tudo stressado!

Hoje escolhi ficar um pouco na sala com os meus pais. Acho que nem notaram a minha presença tão ligados que estavam nas notícias e no computador…tentei ouvir as notícias mas o que não era mortes e guerras era crise, desemprego, falências – será que não há notícias boas?

Acabei por subir para o meu quarto, mas despedi-me dos meus pais, percebi que me tinham visto pois perguntaram se já tinha estudado e se tinha teste, também me disseram que tinha de ter atenção às notas e ao comportamento – acho que o discurso é quase todos os dias o mesmo!

Deitei-me na minha cama e pensei como será que os adultos pensam? O que lhes aconteceu para estarem tão tristes? Até me tenho portado bem com as notas logo não deve ser esse o motivo de tristeza dos meus pais…mas não os acho bem!

Sei que se preocupam comigo mas gostava que tivessem mais tempo para podermos falar das coisas do meu mundo…às vezes precisava de ouvir a sua voz sem ser à pressa! Gostava de me sentar com eles e que me contassem histórias da sua vida de adultos – até podia ser que eu os conseguisse ajudar a não estarem tão tristes, nem preocupados!

Por vezes fico mesmo com vontade de lhes perguntar porque estão assim mas o silêncio é tanto e parecem tão ocupados que desisto…subo as escadas e vou ligar-me à internet para falar e jogar com os meus amigos!

Sara Janota 

Teen & Life Coach

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here