Início Notícias Hoje a notícia fomos nós!

Hoje a notícia fomos nós!

110
5

Acreditem… foi um dia completamente louco… O meu telefone parecia uma central telefónica.

Deixo-vos um resumo do que encontrei pelos media e permitam-me que dê destaque à minha participação no fórum “Discurso Direto” da TVI24. Deu tempo para falar um pouco sobre (in)disciplina, (vejam por volta das 15 horas) sem cortes e sem ficar “refém” da escolha de editores, como aconteceu no jornal da noite da TVI.

Discurso Direto – Indisciplina aumentou nas salas de aula

(TVI 24)

(SIC)

(RTP)

Mais de 11 mil expulsões da sala de aula apenas em 47 agrupamentos

(Expresso)

Alexandre Henriques lamenta a forma “negligente” como se lida com a indisciplina e violência escolar e que considera “potenciadora do seu agravamento”. O problema começa logo na inexistência de uma recolha sistemática e uniforme dos registos disciplinares nas escolas e que deveriam ser transmitidos ao Ministério da Educação. Neste momento, a única ‘ocorrência’ que tem obrigatoriamente de ser comunicada pelas escolas ao Ministério prende-se com comportamentos mais graves e que são punidos com a transferência de escola (dados em baixo).

Indisciplina está a aumentar nas escolas

(JN)

Alexandre Henriques, autor do inquérito, revelado esta segunda-feira, garante que estes dados “são a ponta do icebergue”, e que esta é uma realidade a crescer. “Se extrapolássemos para a totalidade dos agrupamentos, as participações chegariam a 206.055″, afirma. No ano passado, o levantamento contou com 38 agrupamentos e quando se fez esta extrapolação, as queixas ficavam nas 200 mil”, garante.

Indisciplina na escola. Mais de 206 mil participações disciplinares num ano

(LUSA por DN)

“Não podemos olhar para estes números e pensar que se trata de um caso isolado”, alerta Alexandre Henriques, avisando que as escolas e os seus docentes e não docentes “precisam de ajuda”.

Para o autor do estudo, é “urgente reconhecer o problema, conhecê-lo por diferentes perspetivas e depois intervir de forma coletiva”, porque, argumenta, a tutela e as escolas têm mecanismos que permitem conhecer a dimensão e tipologia de indisciplina em contexto de sala de aula. “Basta apenas dar esse passo”, sugere.

Nas salas de aulas reina a “pequena indisciplina”

(Público)

Está a aumentar a indisciplina nas escolas

(TSF)

Houve muito mais, mas não vos vou cansar.

Um desejo sincero. Espero que este tenha sido o último inquérito onde apresento dados disciplinares. Está na hora de passar a quem de direito e que seguramente terá mais recursos e legitimidade.

*obrigado a todos os que me enviarem mensagens de apoio e agradecimento 😉
COMPARTILHE

5 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns, Alexandre.
    É muito bom mostrar as debilidades do sistema e a necessidade de reforçar a autoridade dos professores.
    Votos de continuação do bom trabalho.

  2. Parabéns, Alexandre, pelo seu trabalho.
    Cabia à tutela encomendar este estudo, mas infelizmente têm que ser os professores a fazê-lo.

    Continue com iniciativas como esta!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here