Início Escola Fim da BCE: uma vitória da Justiça e dos professores …

Fim da BCE: uma vitória da Justiça e dos professores …

56
3

Bolsa Injusta de escola….. e se querem saber com rigor: dos mais fracos e desprotegidos dentro da classe docente, o que a torna ainda mais justa e premente.

Há notícias que não precisam de muitos rodeios e explicações.

Deixo-vos só os links para a notícia do Público e do DN, para terem vários ângulos.

O que se passava com a BCE, e com os critérios de contratação de escola, mesmo sem BCE, era uma vergonha, um compadrio escancarado e uma aldrabice política (porque em nome da suposta e mitológica autonomia se dava espaço a favorecimentos e escolhas sem racionalidade ou lógica).

A reserva de recrutamento é mais justa e a BCE e a oferta de escola podem entrar para aquela categoria de casos históricos em que, na procura de um óptimo metafísico, se criou um monstro de desumanidade.

Acabou!!! Mesmo com os diretores a lançarem farpas (mal justificadas, talvez causadas só pela perda do poderzinho).

Porque muitos confundem “autonomia das escolas” com “autonomia dos diretores” (coisa que o Ministro também percebeu mal ao achar que pode continuar a fazer reuniões com diretores, para saber o que “as escolas” pensam; um dia vai descobrir que o que o Ministério “pensa” não é o que ele pensa….como aquele do Yes, Minister)

Já falei bastante várias vezes, no passado, dessa autonomia encenada pelos diretores à volta da seleção de pessoal (por exemplo, aqui) e da falsidade da ideia de que autonomia de escola ou melhoria das Escolas TEIP, tenha o que quer que seja a ver com as falácias lógicas e os aleijões morais da contratação de escola.

Fi-lo com bastante espírito de luta e energia de combate, também aqui ComRegras (por exemplo, nesta iniciativa que me pareceu que provou como a contratação de escola é indigna de um Estado de Direito já que, os seus autores se recusam sistematicamente a mostrar como a fizeram e só o fazem contrariados e, alguns, ameaçados de processos judiciais).

Hoje, cessa a luta, por momentos (me parece) porque, quando a proposta de alteração for pública e melhor conhecida, cá estaremos para ajudar a analisar e apoiar a luta pela justiça e respeito pelos direitos, se for preciso.

Mas agora é tempo de festejo.

3 COMENTÁRIOS

  1. OLá,
    Leio sempre os vossos artigos, mas pouco comento. No entanto este não poderia deixar de passar!!!
    Adorei a expressão que passo a citar: “perda do poderzinho”.
    Que a justiça seja reposta!
    😉

  2. Boa noite! Fui penalizado injustamente pela BCE, porque um diretor qualquer se lembrou de dizer que um comprovativo não era válido, depois fui colocado em oferta de escola, porém fiquei com uma penalidade. Alguém me sabe dizer se com o fim da BCE, também acaba a penalidade para os professores?
    Obrigado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here