Início Escola Escola nega ter aberto processo disciplinar a aluna que partilhou vídeo da...

Escola nega ter aberto processo disciplinar a aluna que partilhou vídeo da lagarta no prato

132
0
COMPARTILHE

A mãe diz uma coisa, a escola diz outra, mas a realidade fala por si, não existe qualquer processo disciplinar à aluna. Só os envolvidos saberão o que foi dito, mas sinceramente o mais importante para mim não é este diz que disse, é preciso mudar a política de cedência das refeições escolares às empresas, empresas essas que naturalmente querem ter lucro com a alimentação das nossas crianças. O preço por refeição não pode continuar a rondar o 1 euro, é demasiado curto.

Há despesas que devem ser sempre despesas, são boas despesas.

A direcção da escola de Braga onde foi filmada uma lagarta numa refeição servida na cantina negou ter instaurado um processo disciplinar à aluna que divulgou o vídeo, mas a mãe da estudante mantém a existência do processo.

Segundo fonte do Ministério da Educação adiantou à Lusa, “de acordo com informação prestada pela direcção da escola [Escola Básica 2/3 André Soares] aos serviços do Ministério da Educação, não foi aberto qualquer processo disciplinar à aluna em causa”.

“Eu fui duas vezes à escola para falar com a direcção sobre isto. Fui recebida pela direcção de turma e pela subdirectora porque a directora estaria fora. Foi-me dito que a minha filha tinha que perceber o que fez, que agiu mal e que o que fez teve consequências”, explicou Elisabete Lopes.

Elisabete Lopes garantiu ainda que falou com a directora da escola sobre o processo e sobre todo o episódio: “A senhora directora explicou-me que a minha filha tinha infringido o regulamento da escola e que tinha que perceber que isso tinha consequências. Foi-me sempre dito que estava a correr um processo disciplinar“, disse.

Fonte: Público

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here