Início Boas Práticas Aulas de emoções? Embrulhe-me 50 se faz favor…

Aulas de emoções? Embrulhe-me 50 se faz favor…

4421
0

Para alunos, pais, diretores e professores. Anda muita gente por aí a precisar de parar um pouco e pensar no que anda a fazer… Passando a parte do tapete de Ioga e da gozação com o típico ahummmmm… as técnicas de autocontrolo são muito importantes nem que seja para aumentar os níveis de concentração.

Numa sociedade ultra mega rápida, onde se tem acesso a tudo e a todo o momento, a reflexão sobre valores e princípios deveria ser prática comum nas escolas. Paciência, compreensão e empatia são coisas raras, e quem as tem, chega a ser visto como o elo mais fraco ou um nerd esquisitóide.

A procura da felicidade, sem ser através dos bens materiais, vulgo telemóvel, é uma carência gritante dos mais novos. A prática do bem deve ser acarinhada, incentivada e acima de tudo orientada, só assim se tornará a norma.

Criem-se as condições para os alunos lidarem com o seu eu, alimente-se esta ideia e com o tempo vamos ter crianças menos frustradas, mais amigas e melhores cidadãos no futuro.

Parabéns ao ISCTE e ao jardim-escola João de Deus, em Leiria.

Eles têm aulas sobre emoções e passaram a zangar-se menos

(Clara Viana – Público)

Valentim, 7 anos, diz que está ali “para aprender a ficar mais alegre”. A alegria foi um dos sentimentos que estavam a trabalhar na aula a partir de um pequeno vídeo de animação. Da alegria foram até ao orgulho. “Sinto orgulho quando sinto que vou conseguir”, define Valentim, que dirá depois ao PÚBLICO que a “atitude” de que “gosta mais” é a paciência. “Às vezes fico impaciente porque o meu mano mais novo está sempre a interromper-me e não quero ficar assim.”

Ao fim de quase dois anos de escola das emoções, há crianças no jardim-escola João de Deus, em Leiria, que “começaram a questionar-se mais sobre como o outro se sente, a antever a sua reacção e a adoptar comportamentos” em função dessa percepção, relata Vera Sebastião, directora daquele estabelecimento de ensino.

P.S- E para quem não viu, recomendo o filme Inside Out. É excelente!

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here