Início Escola Associações de Professores juntam-se no apoio ao Ministério de Educação.

Associações de Professores juntam-se no apoio ao Ministério de Educação.

224
2
COMPARTILHE

Julgo que será inédito o que estamos a assistir. Não me recordo de ver uma tomada de posição conjunta das 14 Associações de Professores, mostrando o seu apoio ao Ministério de Educação. Depois das fortes críticas à Tutela, em particular ao seu Secretário de Estado João Costa, esta união improvável, é uma mensagem política significativa que vem contrapor os mesquinhos interesses dos que pretendem tornar a Escola Pública, um mero objeto de arremesso eleitoralista.

Ficam alguns destaques e a respetiva carta aberta que o ComRegras acedeu em primeira mão.

Nesse sentido, as associações de professores abaixo consignadas manifestam o seu apoio às iniciativas, promovidas pelo Ministério da Educação, de repensarmos entre todos – não apenas por parte dos gestores das políticas educativas – o lugar e o papel da educação e da escola, nomeadamente da escola pública, pilar fundamental para a integração social e a equidade em convivência democrática.

 

Concordamos com a inclusão de valores e competências que apontam para uma educação de matriz humanista, inclusiva e integral, para a formação das futuras gerações. A escolaridade de 12 anos obriga a gerir situações muito diversas e complexas: deverá contemplar os vários percursos de formação que existem ou possam vir a existir após o ensino básico, assim como a permanência de estudantes com motivações e rendimentos escolares muito diversos, onde se pretende que todos possam ingressar na maioridade com os valores e as competências que lhes permitam participar ativa, criativa e criticamente no Portugal do século XXI.

 

Consideramos que todas as áreas disciplinares contribuem para os valores e competências assinalados no Perfil e que o trabalho que temos pela frente é o de 3 definir em que grau e de que forma o vamos fazer

 

Estamos conscientes de que a adoção do Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória e das Aprendizagens Essenciais não vai mudar o estado da educação no nosso país. Dotar de sentido a função e o trabalho desenvolvido por todos os atores implicados no processo educativo, nomeadamente professores e alunos, é o grande desafio.

Alexandre Henriques

Ver também:

As Associações de Professores que esclareçam o que aconteceu.

E agora, o que realmente aconteceu…

2 COMENTÁRIOS

  1. O insólito é que os professores “desjuntam-se” dos apoios das suas Associações……

    Há aqui algo que não bate certo.

    E ainda falam dos sindicatos e da lenga-lenga dos seus dirigentes não darem aulas há tempos.(um argumento dos mais hipócritas que tenho lido e ouvido, a propósito)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here